Palmeiras x Santos: os números da final da Libertadores

Taça da Copa Libertadores
Flickr/Conmebol
A decisão da Libertadores terá um dos maiores clássicos do Brasil; confira os números, a história e tudo o que você precisa saber sobre o duelo

Neste próximo sábado, dia 30 de janeiro de 2021, Palmeiras e Santos irão a campo para decidir a final da Copa Libertadores da América, em um dos duelos mais esperados dos mais de 100 anos do Clássico da Saudade.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Após duas campanhas praticamente perfeitas, os rivais se classificaram para a decisão e estão contando as horas até disputarem o título: enquanto o Verdão tenta levantar a taça pela segunda vez, o Peixe busca se tornar o time brasileiro que mais vezes foi campeão da competição, e iria para a quarta conquista.

Em um duelo desse tamanho, fica impossível contar a história do jogo sem se debruçar nos números. Assim, a Goal preparou um pequeno guia de Palmeiras x Santos, pela final da Copa Libertadores da América, trazendo o panorama temático da disputa.


Palmeiras x Santos: os números dentro de campo


Marinho Soteldo Santos 03 12 2020 Foto: Ivan Storti/Santos FC

Classificados diretamente para a fase de grupos da Copa Libertadores de 2020, Palmeiras e Santos ambos fizeram 12 jogos até agora pela competição. As equipes foram as líderes de seus grupos na primeira fase, terminando-a com 16 pontos: cinco vitórias e um empate, sem nenhuma derrota.

No mata-mata, a campanha da dupla já começa a se diferenciar: enquanto o Verdão, em seis partidas, venceu quatro, empatou uma e perdeu uma, o Peixe venceu três, empatou duas e foi derrotado uma vez, contra a LDU.

No total, o Palmeiras tem 12 jogos pela Libertadores, com nove vitórias, dois empates e uma derrota. O time marcou 32 gols e foi vazado apenas seis vezes, tendo um saldo de gols de +26.

O Santos, enquanto isso, nas mesmas 12 partidas, venceu oito, empatou três e perdeu uma. A equipe marcou 20 gols e levou nove, para um saldo de +11.


Palmeiras x Santos: os artilheiros e garçons na Libertadores


Rony Libertadores Palmeiras River Plate 05 01 2020 Foto: Cesar Greco/Palmeiras

É impossível chegar até a final de uma competição como a Copa Libertadores sem ter grandes jogadores, acostumados a decidir. E ambos os times contaram com vários nomes de destaque na competição.

O Palmeiras tem na dupla Luiz Adriano e Rony os seus grandes artilheiros, com cinco gols cada. Willian, com quatro, aparece logo atrás. O ex-Athletico também é o líder em assistências, com incríveis oito passes para gol. Viña, Scarpa e Wesley aparecem com três.

Já o Santos, seguindo sua tradição, tem no jovem Kaio Jorge o seu principal goleador, também com cinco gols, na frente de Marinho, com quatro. Lucas Braga, com duas assistências, é o líder do Peixe no quesito.


Palmeiras x Santos: quem vencer leva quanto?


Independente de quem vencer o torneio, sairá com uma bolada, além, é claro, da taça da Copa Libertadores.

O vice-campeão fica com US$ milhões (R$ 31,7 milhões), enquanto o clube que ficar com o título leva para casa a ótima quantia de US$ 15 milhões (aproximadamente R$ 80 milhões).

Isso, é claro, sem contar o resto da premiação das outras fases do torneio


Palmeiras x Santos: teremos público no Maracanã?


Estádio do Maracanã Foto: Getty Images

Segundo decreto do governador do estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), o Maracanã poderá abrir 10% de sua capacidade para o confronto entre Palmeiras x Santos.

A Conmebol só utilizará, porém, 2.800 dos 7.888 lugares liberados pelo governo. Tanto o Peixe quanto o Verdão receberam 150 convites cada, podendo os distribuir como quiser. Os outros ingressos ficarão com patrocinadores da entidade, representantes e membros da organização. O evento também terá 550 policiais militares e 200 guardas municipais, dentro e fora do estádio.

O Palmeiras levará 11 sócios ao Maracanã: todos os sócios-torcedores serão ranqueados pela assiduidade nos jogos e tempo de contribuição, com os melhores avaliados recebendo a permissão para assistirem ao duelo dentro do estádio. 75 dos 150 convites serão destinados a familiares dos jogadores do clube. 

Já o Santos fará a alegria de 25 felizardos: escolherá 15 sócios com maior frequência nos jogos em 2019 e 2020, os cinco melhores clientes na loja SantosStore desde o início de 2019, bem como os cinco sócios do programa Black que morem fora de São Paulo mais bem avaliados pelo Sócio Rei. 22 homens e três mulheres foram selecionados pelo critério.


Palmeiras x Santos: imprensa e transmissão da final


Chamado de "maior final da história" pela Conmebol, o duelo entre Palmeiras x Santos, direto do estádio do Maracanã, deve ter transmissão para cerca de 180 países.

A transmissão trará imagens de 27 câmeras diferentes, trazendo todo um novo panorama do confronto dentro de campo. No Reino Unido, por exemplo, a final será exibida pela BBC, na TV aberta. No México e nos Estados Unidos, na TV a cabo, além da transmissão na TV aberta em todos os dez países membros da Conmebol.

No total, a entidade liberará a presença de 196 membros de imprensa: será obrigatório a entrega do teste PCR negativo. A imprensa escrita terá direito a um profissional para cada meio, rádios, três, e TVs sem direitos, dois. 26 fotógrafos poderão ficar no campo e 12 na tribuna - um para cada veículo.


Palmeiras x Santos: venda de ingressos "simbólicos" contra Covid-19


Ainda como combate à pandemia do novo coronavírus, que segue avançando em território brasileiro, a final da Libertadores não terá um Maracanã lotado, como de costume. Porém, a Conmebol e os clubes envolvidos na partida anunciaram uma parceria para vender ingressos simbólicos contra a Covid-19.

Sem limites para a comercialização, os ingressos não dão o direito a entrar no estádio e servem apenas como uma lembrança digital do grande clássico.

Mas muito além disso, quem comprar os ingressos também estará ajudando os impactados pelo novo coronavírus, uma vez que todo o valor arrecadado com as vendas será destinado a instituições que ajudam no combate à Covid-19.


Palmeiras x Santos: a final afetará os jogos do Brasileirão?


 Como a final da Libertadores será entre dois clubes brasileiros e no estádio do Maracanã, a CBF teve que mudar o planejamento para algumas partidas do Brasileirão

O palco da grande final terá que ser entregue aos organizadores da Libertadores com alguma antecedência, para ser decorado e ter seu gramado preservado, isso sem contar todo o planejamento com segurança e infraestrutura que será realizado. 

Com isso, o Fluminense ficou impedido de sediar no Maracanã as partidas contra Sport (o jogo foi realizado no Nílton Santos, no dia 17/01), Botafogo (24/01) e Goiás (31/01), todas pelo Brasileirão. 

Já o Flamengo, que também costuma mandar jogos no Maracanã, teve de mudar o mando de campo para o duelo contra o Palmeiras, no último dia 21, para o Mané Garrincha. Mesmo fora do Rio de Janeiro, o Rubro-Negro conseguiu uma importante vitória para seguir na briga pelo título nacional.

Além disso, outras três partidas do Brasileirão, que aconteceriam no sábado (30), dia da grande final, foram adiadas para o domingo (31): Atlético-MG x Fortaleza, Ceará x Athletico-PR e Internacional x Red Bull Bragantino.

Por fim, Santos e Palmeiras, os envolvidos na final, tiveram uma partida cada adiantada do dia 27 para o dia 26 de janeiro, visando aumentar o período de descanso para a decisão continental. São elas: Palmeiras x Vasco e Atlético-MG x Santos.


Palmeiras x Santos: qual será o prêmio para o melhor jogador da Libertadores?


Anel Libertadores 2020 Foto: Divulgação/Bridgestone

O melhor jogador da Libertadores ganhará um prêmio mais do que especial ao final da edição de 2020 do torneio: um anel personalizado com pedras preciosas, desenvolvido em homenagem ao estádio do Maracanã e feito em parceria com a Bridgestone, patrocinadora da competição.

Para levar a honraria, foram indicados dois atletas de cada um dos clubes que chegaram até a final. Pelo lado do Palmeiras, Rony e Weverton foram os escolhidos, enquanto Marinho e Soteldo concorrem pelo Santos. 

O anel, que foi criado especialmente para a grande final e contém elementos característicos da Libertadores e do Maracanã, possui 30 gramas de ouro, 131 diamantes, uma safira amarela e uma esmeralda, além das inscrições "Best of The Tournament" e "Conmebol Libertadores".

A entrega do anel será realizada na cerimônia de premiação, ao término da partida.


Palmeiras x Santos: retrospecto dos rivais no Maracanã


O Maracanã será palco de uma das partidas mais importantes da história do futebol brasileiro no próximo dia 30. Mas tanto Santos quanto Palmeiras possuem ótimas lembranças jogando no lendário estádio. 

Em 1963, por exemplo, o Santos de Pelé derrotou o Milan para conquistar o Mundial de Clubes, o segundo de sua história. No mesmo ano, o Peixe já havia derrotado o Boca Juniors no palco carioca por 3 a 2, pela partida de ida da final da Libertadores. Contudo, o título foi sacramentado na Argentina, em La Bombonera.

Alguns anos antes, em 1951, o Palmeiras empatou com a Juventus, também no Maracanã, para levar o título da Copa Rio, torneio esse que o Alviverde paulista alega ser equivalente ao atual Mundial de Clubes, o que não é reconhecido pela Fifa.

Já em 1967, o Verdão foi campeão brasileiro no estádio mais famoso do Brasil, derrotando o Náutico por 2 a 0, com gols de César Maluco e Ademir da Guia. 

Mas não foram apenas finais ou títulos que marcaram partidas dos dois clubes no Maracanã. Em 1979, por exemplo, o Palmeiras goleou o Flamengo de Zico - que seria campeão brasileiro três vezes nos quatro anos seguintes -  por 4 a 1, em duelo que teve transmissão para todo o país na TV, algo raro na época. 

Quatro anos mais tarde, o Santos fez seu jogo com maior público na história em torneios oficiais, mais de 155 mil pessoas. Apesar disso, o Peixe foi derrotado pelo Flamengo por 3 a 0 e ficou com o vice do Brasileirão.

Não falta história para os dois clubes dentro do Maracanã, mas certamente um dos capítulos mais especiais será escrito no próximo dia 30 de janeiro. 


Palmeiras x Santos: retrospecto dos rivais em finais um contra o outro


Zé Roberto Prass Palmeiras Santos 02122015 Foto: Friedemann Vogel/Getty Images

Até hoje, Santos e Palmeiras fizeram três finais de campeonatos, com dois títulos para o Alviverde e um para o Peixe. No total, o Verdão marcou nove gols em decisões contra seu rival, enquanto o clube da Vila Belmiro marcou oito. 

No Campeonato Paulista, os rivais se encontraram em duas finais, com um troféu para cada lado. A primeira vez foi em 1959, quando o Palmeiras venceu a lendária equipe de Pelé e cia. O troco veio somente em 2015, quando o Peixe foi campeão estadual sobre o Verdão, em disputa de pênaltis emocionante na Vila Belmiro.

Ainda no mesmo ano, os clubes se encontraram em mais uma final, desta vez pela Copa do Brasil. Na partida de ida, na Vila Belmiro, o Santos venceu por 1 a 0, com gol de Gabigol. Na volta, no Allianz Parque, Dudu fez dois para o Palmeiras, mas viu Ricardo Oliveira descontar e levar a decisão para os pênaltis mais uma vez. 

Nas cobranças, o Verdão levou a melhor, com direito a gol de Fernando Prass, para levar seu terceiro título da competição.

Fechar