Golden Boy 2020: jornal italiano divulga candidatos com dois brasileiros

Comentários()
Lista conta com vencedor da Liga dos Campeões, jovens artilheiros e jogadores que movimentaram a última janela de transferências

O prêmio Golden Boy de 2020 já tem seus candidatos definidos. Nesta quinta-feira, 15 de outubro, o jornal italiano Tuttosport divulgou a lista de 20 jogadores nascidos até 2000 que concorrem ao título de melhor jovem jogador do ano. Dois brasileiros estão no páreo: Vinícius Jr. e Rodrygo, ambos do Real Madrid.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Porém, para a premiação de 2020, os favoritos não são as jovem estrelas brasileiras do Real Madrid. Alguns dos melhores colocados na lista do ano passado ainda estão disputando o prêmio neste ano, como Jadon Sancho (segundo em 2019), Erling Haaland (quarto) e Ansu Fati (sétimo). O vencedor da honraria será anunciado no dia 14 de dezembro e sucederá João Félix, que levou o título em 2019.

Mais artigos abaixo

Outro forte candidato ao título é Alphonso Davies. Campeão da Liga dos Campeões com o Bayern, o jovem canadense superou Sancho e Haaland no prêmio de melhor jovem jogador da Bundesliga na última temporada e é considerado um dos melhores laterais esquerdos do mundo.

Goal 50 Revelado: Os 50 Melhores Jogadores do Mundo

Rodrygo e Vini Jr. também participaram do prêmio em 2019 e terminaram em 12º e 13º, respectivamente. O atacante ex-Santos foi o vencedor do NxGn 2020, premiação da Goal para os melhores jovens jogadores do mundo.

Vinicius Junior & Rodrygo Goes (Foto: Getty)

Confira a lista dos 20 candidatos ao Golden Boy:

Entregue desde 2003, grandes jogadores do futebol mundial já receberam a honraria, como Wayne Rooney (2004), Lionel Messi (2005), Sergio Agüero (2007) e Kylian Mbappé (2017).

Porém, o Tuttosport também já elegeu alguns "Golden Boys" que não vingaram igual se epserava. Casos dos dois únicos brasileiros que venceram o prêmio: Anderson (ex-Manchester United), em 2008, e Alexandre Pato, em 2009. Mario Balotelli e Mario Götze também venceram o premio, em 2010 e 2011, respectivamente, e não se tornaram grandes craques.

Fechar