Cruzeiro x Inter: Abel revê contra time que fez antipatia no Flamengo crescer

Comentários()
Bruna Prado/Getty
Relação de amor com o time gaúcho foi o estopim para demissão no rubro-negro carioca

Abel Braga iniciou o ano como treinador do Flamengo. Porém, nunca foi uma unanimidade no time carioca. O desempenho em campo sempre foi muito questionado, pois Abel não conseguia extrair o melhor de seus atletas. Mas um outro time em especial fez a relação entre clube e treinador estremecer de vez: o Internacional.

No primeiro turno do Brasileirão, o Flamengo visitou o Inter e perdeu por 2 a 1. Abel afirmou que perder para o Colorado em Porto Alegre era normal. Só essa declaração já seria o suficiente para criar uma situação ruim, mas Abel disse ainda que o Beira-Rio é o estádio mais lindo do Brasil. Depois disso, Abel voltou a afirmar sua opinião sobre o estádio colorado e não se sentiu mais respaldado para trabalhar, mesmo com o apoio do elenco e sua demissão aconteceu em menos de um mês.

A relação com a torcida flamenguista nunca foi das melhores. Ele ficou muito marcado por ser o treinador que perdeu o título da Copa do Brasil de 2004 para o Santo André e por sua passagem pelo Fluminense. E as declarações de Abel deixaram claro que ele não fazia questão da simpatia da torcida do Flamengo.

O cenário é completamente diferente quando se trata da torcida do Internacional. “Abelão” foi o treinador que levou o Inter ao primeiro título da Libertadores e do Mundial de Clubes, em 2006.

E mesmo fora do Flamengo, a relação ruim do treinador com o rubro-negro ganhou um novo capítulo. Em uma festa para celebrar o título da Libertadores, Iarley estava fazendo uma live no Instagram e chamou Abel para participar.

Mais artigos abaixo

“Torcida? Até morrer, cara. É aquele negócio do 'saudações coloradas'. Isso aí me faz bem, isso causa ciúme", disse o treinador, que ainda afirmou que no Beira-Rio ele se sente em casa e sempre apoiado. As declarações repercutiram e parte da torcida rubro-negra atacou Abel nas redes sociais.

Neste sábado, às 21h (horário de Brasília), Abel, que já comandou a equipe na derrota para o Goiás, fora de casa, estreia no Mineirão como treinador do Cruzeiro, justamente contra o Internacional. O treinador terá que deixar de lado seu carinho pelo clube gaúcho para tentar vencer, pois a Raposa precisa urgentemente dos três pontos.

O Cruzeiro está na zona de rebaxamento do Brasileirão, em 17º lugar, com apenas 19 pontos. Já o Inter ocupa a quinta colocação, com 37 pontos.

Fechar