Notícias Placares ao vivo
Jogos Olímpicos Feminino

As convocadas da seleção brasileira feminina para Tóquio 2020; veja as 22 escolhidas

11:33 BRT 24/07/2021
Marta - Brasil 4 x 1 Argentina - SheBelieves Cup 2021
Pia Sundhage anunciou a lista das jogadoras que tentarão a inédita medalha de ouro nos Jogos Olímpicos

A treinadora Pia Sundhage convocou as 22 atletas da seleção brasileira feminina que disputam o ouro olímpico inédito em Tóquio. A lista conta com 22 jogadoras convocadas que foram ao Japão para tentar voltar ao pódio pela primeira vez desde a prata em Pequim, em 2008.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Diferentemente do futebol masculino, o torneio feminino não tem limitações de idade. Desta forma, Pia pôde convocar as atletas que, em seu entendimento, melhor atendem as necessidades do Brasil para a Olimpíada. As veteranas Marta e Formiga, que disputará sua sétima edição de Jogos Olímpicos, estão confirmadas.

Inicialmente, a técnica da seleção tinha convocado 18 jogadoras para o torneio. Porém, após uma mudança no regulamento, a Fifa permitiu que mais quatro atletas fossem chamadas por seleção. Assim, Aline Reis, Letícia Santos, Andressa Alves e Gio Queiroz também integram o elenco do Brasil.

Uma das ausências mais comentadas é a da atacante Cristiane. A maior artilheira dos Jogos Olímpicos, entre homens e mulheres, com 14 tentos, perderá o torneio pela primeira vez após quatro aparições. A atacante do Santos fica de fora por opção da comissão técnica.

Antes do embarque para Tóquio, as atletas da seleção se reuniram em Portland, cidade da costa oeste dos Estados Unidos, para um período de treinamentos no centro de treinamentos da Nike. A seleção ficou reunida lá por 3 semanas, antes da viagem para o Japão, no dia 15 de junho, para se ambientar com o clima - muito parecido com o da capital japonesa.

A LISTA DA SELEÇÃO FEMININA PARA TÓQUIO 2020

POSIÇÃO JOGADORAS (CLUBES)
GOLEIRAS 1-Bárbara (Avaí/Kindermann), 18-Letícia (Benfica) e 22-Aline Reis (Tenerife)
DEFENSORAS

 2-Poliana (Corinthians), 3-Érika (Corinthians), 4-Rafaelle (Palmeiras), 6-Tamires (Corinthians),13-Bruna Benites (Internacional),14-Jucinara (Levante), 19-Letícia Santos (Frankfurt)

MEIA-CAMPISTAS 5-Julia Bianchi (Palmeiras), 7-Duda (São Paulo), 8-Formiga (São Paulo), 10-Marta (Orlando Pride), 11-Angelina (OL Reign), 17-Andressinha (Corinthians), 21-Andressa Alves (Roma)
ATACANTES 9-Debinha (North Carolina Courage), 12-Ludmila (Atlético de Madrid), 15-Geyse (Madrid CFF), 16-Bia Zaneratto (Palmeiras), 20-Gio Queiroz (Barcelona)

São 12 atletas que atuam no futebol brasileiro, representando cinco equipes. O time que mais cedeu jogadoras é o Corinthians, com cinco atletas na relação, seguido pelo Palmeiras, com três, e o São Paulo, com duas.

A seleção feminina do Brasil está no grupo F da Olimpíada de 2020. A estreia foi contra a China, que desde o início da pandemia de Covid-19 fez poucos amistosos. A seleção não teve grandes dificuldades: 5 a 0, com gols de Marta (duas vezes), Debinha, Andressa Alves e Bia Zaneratto.

No desafio mais difícil das comandadas de Pia na primeira fase, o Brasil teve uma boa atuação contra a Holanda, embora a partida tenha terminado em empate por 3 a 3. Marta, Debinha e Ludmila anotaram os gols brasileiros, enquanto Miedema (duas vezes) e Janssen balançaram as redes pelo lado holandês.

Marta e companhia fecham a primeira fase contra Zâmbia, que tem uma das artilheiras da competição até aqui: Barbara Banda, com seis gols.

Confira os jogos da seleção feminina nos Jogos Olímpicos: