Notícias Placares ao vivo
FIFA 21

Xavi, Eto'o, Lahm e mais: os novos Ícones FUT do FIFA 21

15:04 BRT 10/08/2020
Eric Cantona FIFA FUT Icon
A EA Sports divulgou quais lendas do futebol receberão versões especiais no lançamento do game

Todos os anos, o lançamento da nova versão do FIFA traz expectativas quanto aos novos Ícones FUT que serão adicionados ao modo Ultimate Team, que promete novidades interessantes para este ano incluindo um novo modo Co-op.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN por um mês grátis!

Para o FIFA 21, A EA Sports já revelou 11 novos ícones, que vão levar o número total de lendas a 100.

Ícones (ou FUT Icons) de edições passadas do FIFA - que irão permanecer no game - incluem lendas como Pelé, Diego Maradona, Ronaldo Fenômeno, entre outros.

O FIFA 20, por exemplo, trouxe para o time de Icons craques históricos como Zinedine Zidane, Pep Guardiola e Didier Droga - e a Goal traz para você os novos Ícones FUT adicionados no FIFA 21.

Eric Cantona (França)

O polêmico atacante Eric Cantona, ex-Manchester United e seleção francesa, finalmente fará parte do jogo, trazendo toda sua experiência de quatro títulos da Premier League e duas FA Cups.

Ferenc Puskas (Hungria)

O "dono" do prêmio da Fifa para gol mais bonito, Ferenc Puskas, um dos maiores da história, vai estar no FIFA 21.

Xavi (Espanha)

Multicampeão pelo Barcelona e pela seleção espanhola (com direito a Copa do Mundo em 2010), Xavi também será acrescentado no FIFA 21 - tendo conquistado quatro Liga dos Campeões e oito La Ligas pelos Blaugranas.

Nemanja Vidic (Sérvia)

Nemanja Vidic poderá formar dupla novamente com Rio Ferdinand, seu companheiro de zaga no Manchester United, agora também no FIFA 21 - ambos serão ícones FUT na nova versão do game.

Petr Cech (Chéquia)

O ex-goleiro Petr Cech, com passagens brilhantes por Chelsea e Arsenal, também é outra grande estrela dos anos 2000 que fará parte do game.

Samuel Eto'o (Camarões)

Sameul Eto'o dispensa apresentações: o atacante é um dos maiores jogadores de sua posição da história, seja pela seleção camaronesa ou pela extensa galeria de clube por onde marcou época, incluindo Real Madrid, Barcelona, Inter de Milão e Chelsea.


VEJA TAMBÉM:


Bastian Schweinsteiger (Alemanha)

Apenas 12 meses depois de sua aposentadoria como jogador de futebol, Bastian Schweinsteiger - lendário meio-campista, seja pela seleção alemã ou pelo Bayern de Munique - também fará parte do FIFA 21.

Philipp Lahm (Alemanha)

Considerado por muitos anos o melhor lateral do planeta - e tendo terminado sua carreira também como um dos melhores meio-campistas da atualidade -, Philipp Lahm é outro ex-Bayern e seleção alemã que marcará presença como um dos ícones FUT do FIFA 21.

Fernando Torres (Espanha)

Controverso, multicampeão e mortal na frente do goleiro, Fernando Torres ganhou uma Copa do Mundo e duas Eurocopas pela Espanha - além de ter se transformado em um ídolo com a camisa do Liverpool. Agora, fará parte da galeria de ícones do FUT.

Ashley Cole (Inglaterra)

Ashley Cole, vencedor acima de tudo, terminou sua carreira com três títulos da Premier League, por Arsenal e Chelsea, e foi um dos grandes jogadores de sua posição da década de 2000.

Davor Suker (Croácia)

O croata foi artilheiro da Copa do Mundo de 1998, até hoje é o maior goleador de sua seleção e chegou a ser escolhido como segundo melhor jogador do mundo. No futebol de clubes, passou por equipes como Sevilla, Real Madrid e Arsenal.

E os outros ícones do FUT, quem são?

Todos os outros ícones do FUT que já existiam no FIFA 20 devem permanecer para a nova edição do game. Veja a lista:

  1. Pelé (Brasil)
  2. Diego Maradona (Argentina)
  3. Ronaldo (Brasil)
  4. Zinedine Zidane (França)
  5. Ronaldinho (Brasil)
  6. Johan Cruyff (Holanda)
  7. Lev Yashin (Rússia)
  8. Paolo Maldini (Itália)
  9. Garrincha (Brasil)
  10. Carlos Alberto Torres (Brasil)
  11. Thierry Henry (França)
  12. George Best (Irlanda do Norte)
  13. Franco Baresi (Itália)
  14. Eusébio (Portugal)
  15. Marco Van Basten (Holanda)
  16. Ruud Gullit (Holanda)
  17. Lotthar Matthaus (Alemanha)
  18. Roberto Baggio (Itália)
  19. Peter Schmeichel (Dinamarca)
  20. Hristo Stoichkov (Bulgária)
  21. Dennis Bergkamp (Holanda)
  22. Ruud Van Nistelrooy (Holanda)
  23. Emilio Butragueño (Espanha)
  24. Javier Zanetti (Argentina)
  25. Alessandro Nesta (Itália)
  26. Bobby Moore (Inglaterra)
  27. Alessandro Del Piero (Itália)
  28. Luís Figo (Portugal)
  29. Rivaldo (Brasil)
  30. Gary Lineker (Inglaterra)
  31. Carles Puyol (Espanha)
  32. Raúl (Espanha)
  33. Fabio Cannavaro (Itália)
  34. Ryan Giggs (País de Gales)
  35. Kenny Dalglish (Escócia)
  36. Hugo Sánchez (México)
  37. Andrea Pirlo (Itália)
  38. Juan Román Riquelme (Argentina)
  39. Robert Pirès (França)
  40. Michael Owen (Inglaterra)
  41. Patrick Kluivert (Holanda)
  42. Gheorghe Hagi (Romênia)
  43. Marcel Desailly (França)
  44. Laurent Blanc (França)
  45. Steven Gerrard (Inglaterra)
  46. Michael Ballack (Alemanha)
  47. David Trezeguet (França)
  48. Patrick Vieira (França)
  49. Andriy Shevchenko (Ucrânia)
  50. Pavel Nedved (Chéquia)
  51. Alan Shearer (Inglaterra)
  52. Sócrates (Brasil)
  53. Clarence Seedorf (Holanda)
  54. Edwin Van Der Sar (Holanda)
  55. Paul Scholes (Inglaterra)
  56. Miroslav Klose (Alemanha)
  57. Ian Rush (País de Gales)
  58. Roberto Carlos (Brasil)
  59. Michael Laudrup (Dinamarca)
  60. Ronald Koeman (Holanda)
  61. Fernando Hierro (Espanha)
  62. Kaká (Brasil)
  63. Didier Drogba (Costa do Marfim)
  64. Roy Keane (Irlanda)
  65. Rui Costa (Portugal)
  66. Frank Rijkaard (Holanda)
  67. Emmanuel Petit (França)
  68. Marc Overmars (Holanda)
  69. Jay Jay Okocha (Nigéria)
  70. Jari Litmanen (Finlândia)
  71. Henrik Larsson (Suécia)
  72. Filippo Inzaghi (Itália)
  73. Luis Hernández (México)
  74. Rio Ferdinand (Inglaterra)
  75. Deco (Portugal)
  76. Hernán Crespo (Argentina)
  77. Christian Vieri (Itália)
  78. Jans Lehmann (Alemanha)
  79. Claude Makélélé (França)
  80. Juan Sebastián Verón (Argentina)
  81. Frank Lampard (Inglaterra)
  82. Pep Guardiola (Espanha)
  83. Michael Essien (Gana)
  84. Gianfranco Zola (Itália)
  85. Gennaro Gattuso (Itália)
  86. Sol Campbell (Inglaterra)
  87. Gianluca Zambrotta (Itália)
  88. Ian Wright (Inglaterra)
  89. John Barnes (Inglaterra)
  90. Hidetoshi Nakata (Japão)