Leonardo lembra Messi e 'esquece' Neymar: "meu melhor momento no PSG"

Leonardo PSG 24092021Getty

Após um mês de sua saída do Paris Saint-Germain, Leonardo conversou pela primeira vez sobre sua passagem ao clube francês, no qual atuou como diretor esportivo por três anos.

Em entrevista ao jornal francês L'Équipe, o brasileiro avaliou de forma positiva sua passagem no PSG, tendo Lionel Messi como sua principal conquista nesse período, além de revelar o que acredita ter dado errado nessa temporada.

Ao contrário da contratação de Messi, Leonardo não participou da negociação de Neymar, que se tornou a contratação mais cara do futebol, em 2017. Porém, o dirigente fez questão de enaltecer o trabalho feito para trazer o argentino ao futebol francês na sua gestão, deixando de lado o período que passou com o atacante brasileiro.

"A contratação de Messi foi algo inesperado. Penso nisso e digo que participei da única transferência de Messi em sua carreira. Há Pelé, Maradona e ele."

"Então quando faço um balanço do meu tempo aqui, conto a final da Liga dos Campeões, os títulos do Campeonato Francês, da Copa da França... e a sua contratação", disse Leonardo.

Além disso, o ex-diretor do PSG relembrou a frustração que passou nesta temporada 2021/22: "Quando três jovens talentos chegam como Hakimi, Nuno Mendes e Donnarumma, além de Sergio Ramos, Wijnaldum e Messi, todos pensaram: "O que é isso?" Então você perde para o Real Madrid nas oitavas de final e "Que m..., é a gestão esportiva, é o time..", afirmou.

Mbappe LeonardoGetty Images

No entanto, além dos problemas enfrentados nessa temporada, Leonardo se deparou com a grande repercussão da renovação da Kylian Mbappé. Segundo a imprensa francesa, a saída do brasileiro do clube seria uma das principais exigências do jogador para renovar seu contrato. Porém, Leonardo nega que seja verdade.

"Não, eles não me disseram isso (que sairia por causa de Mbappé). Mas não quero entrar nesses detalhes. E o fato de terem mantido um jogador deste nível, francês e parisiense, é importante para o PSG e a Ligue 1", disse Leonardo.

Durante sua passagem como diretor esportivo, Leonardo conquistou dois títulos do Campeonato Francês, duas Copas da França, uma Supercopa da França e uma Copa da Liga Francesa, além de ter sido vice-campeão da Liga do Campeões em 2019/20.

Porém, além de revelar que considera sua passagem positiva, o brasileiro disse ter arrependimentos nesse tempo: "Claro ( que tem arrependimentos). Você não se arrepende no começo porque só sabe que está errado depois."

"Faz parte do futebol. Mil decisões são tomadas em um período em que uma empresa levaria três vezes mais. Por isso nunca pensei em me preocupar em não fazer tudo certo" afirmou o brasileiro.

Depois da saída de Leonardo, o PSG anunciou Luis Campos, ex-diretor do Monaco e Lille, para o lugar do brasileiro. Além disso, e após ficar livre no mercado, o dirigente segue conversando com o Valencia, da Espanha, para a próxima temporada.