Gabriel Jesus dá razão a seus defensores e críticos em noite de Champions pelo Manchester City

O atacante perdeu uma grande chance, mas se recuperou e fez gol nos 2 a 0 sobre o Gladbach; Guardiola faz alerta

O Manchester City fez valer o seu favoritismo e sai na frente do Borussia Monchengladbach nas oitavas de final da Champions League: vitória por 2 a 0, fora de casa, sobre o time alemão, que se encontra em situação de queda depois que o técnico Marco Rose anunciou que deixará o clube, no final desta temporada, para comandar o Borussia Dortmund. Autor do segundo gol neste primeiro encontro entre os emblemas, Gabriel Jesus foi um dos grandes personagens.

A equipe treinada por Pep Guardiola já havia aberto o placar, através de cabeçada desferida pelo português Bernardo Silva no primeiro tempo, e nunca deixou de ter o controle da partida. Não chegou a encher os olhos, mas foi seguro e só não podemos dizer que tenha sido completamente efetivo justamente por causa de um gol perdido por Gabriel Jesus, já na segunda etapa. O brasileiro conseguiu interceptar uma saída de bola adversária e tinha ótimas condições de ampliar a vantagem dos Citizens. No entanto, hesitou: demorou para finalizar, perdeu o melhor ângulo para o chute e, no final das contas, quando arrematou o defensor adversário já havia conseguido se recuperar e bloqueou a tentativa do brasileiro.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Ato contínuo a este lance descrito acima, não tardou para aparecerem críticas em relação ao atacante. A irritação pelo desperdício de uma boa chance, vale destacar, tem sido o maior motivo de críticas ao futebol de Gabriel Jesus no Manchester City. Crítica, aliás, que o próprio atleta reconheceu ser justa, ao dizer, em entrevista ao jornal The Guardian, no início de fevereiro, que precisa melhorar suas finalizações.

Gabriel Jesus Borussia Monchengladbach Manchester City Champions League 24 02 2021 A demora para finalizar contra o Gladbach... (Foto: Getty Images)

“Sinto que estou jogando bem, ajudando meus companheiros nas partidas, mas admito que preciso melhorar a minha finalização", reconheceu o atacante de 23 anos – agora com nove gols nesta temporada 2020-21.

Mas Gabriel se recuperou a tempo. Pouco depois, apareceu no meio da área com um único objetivo: finalizar para o gol. A hesitação deu lugar à mais pura vontade e o brasileiro, quase que trançando os pés com o defensor adversário, conseguiu primeiro  ir de encontro à esfera cruzada por Bernardo Silva, na pequena área. Gol e 2 a 0. Nas cinco vezes em que disputou as oitavas de final da Champions pelo City, o ex-palmeirense marcou em todas as partidas. Este foi o seu quinto gol nesta fase do torneio.

Gabriel Jesus Borussia Monchengladbach Manchester City Champions League 24 02 2021 ... E enfim o gol (Foto: Getty Images)

Dentro do gramado alemão ele também seguiu incansável quando seu time não tinha a bola – fez duas interceptações e o mesmo número de desarmes, menos apenas do que o lateral Kyle Walker. Contribuiu com gol e grande entrega, fazendo também valer o argumento dos que o defendem.

Entre o que já faz de bom e o que ainda precisa melhorar, Gabriel Jesus personifica parte do que tem sido a vida do Manchester City na Champions League desde que passou a ingressar na competição como candidato ao título. Gabriel Jesus sabe fazer gols, mas para conquistar o troféu europeu os Citizens estão conscientes de que precisam melhorar suas já conhecidas falhas.

Na mesma entrevista concedida no início de fevereiro ao The Guardian, Gabriel diz, em tom otimista, que “há espaço para crescer e tempo para melhorar”. Após os 2 a 0 sobre o Gladbach, que marcam a 19ª vitória consecutiva do Manchester City, considerando todas as competições, Pep Guardiola deixou explícito, em tom de cobrança, que o tempo para melhorar é agora.

“No geral nós controlamos bem o jogo”, disse o catalão para a BT Sport. “Infelizmente, hoje não fomos clínicos o suficiente no ataque. Nós precisamos melhorar isso nesta competição. Nós precisamos ser mais clínicos no ataque. Nesta competição você precisa ser perfeito para ter certeza de que vai avançar”, completou o treinador.

O jogo de volta está marcado para 16 de março.

Fechar