Quem é Matías Viña, lateral-esquerdo uruguaio que reforçou o Palmeiras?

Comentários()
O jogador de 22 pertencia ao Nacional do Uruguai e foi um dos destaques do título do Campeonato Uruguaio de 2019

O lateral-esquerdo, Matías Viña, do Nacional (URU), tem apenas 22 e despertou o interesse do Palmeiras e do Milan, da Itália. Mas, quem levou foi o Alviverde paulistano, que anunciou sua contratação nessa sexta-feira, 31 de janeiro, como grande reforço da temporada 2020 até o momento.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN com um mês grátis!

Revelado pelo próprio Nacional, o lateral subiu para o time profissional em 2017. Muito exaltado pela imprensa local, Viña foi eleito o melhor jogador do Campeonato Uruguaio de 2019.

Pelo bom ano, o lateral despertou interesses de alguns clubes. O Palmeiras se apressou em apresentar proposta para tê-lo em seu elenco,que já conta com dois jogadores para a posição de Viña - Diogo Barbosa e Victor Luis.

A principal característica que interessou aos paulistas foi o papel ofensivo exercido por Viña que, segundo a imprensa local, fazia treinamentos extras para melhorar os cruzamentos e finalizações. O resultado foram gols importantes para a conquista do título do Campeonato Uruguaio de 2019.

O Gazzetta dello Sport chegou a colocar o Milan como outro interessado no jogador de 22 anos. Segundo as informações do jornal italiano, depois de ter uma primeira proposta de empréstimo recusada pelo Nacional, os italianos aumentaram o valor - para € 1,5 milhão - e incluíram uma cláusula de compra no contrato - pela qual o Milan desembolsaria € 6,5 milhões caso Viña fizesse ao menos oito jogos na temporada. Não foi o bastante.

O lateral também tem passagens pela seleção uruguaia sub-20 - pela qual foi campeão do Campeonato Sul-Americano de Futebol, em 2017 -  e pela principal.

Pelo Nacional, em 2019, foram 40 jogos, cinco gols e seis assistências. O vínculo do lateral com o clube uruguaio iria até junho de 2021 e, agora, até 2024 com o clube palestrino.

Fechar