"Inter seria devastadora com Dzeko e Lukaku" - Vieri se anima com mercado

Comentários()
getty
Ex-jogador da equipe italiana falou sobre os possíveis reforços do time de San Siro para a próxima temporada, mas vê outros bons noms no país

O ex-atacante do Inter, Christian Vieri, acredita que o time de Antonio Conte seria dificilmente batido se eles tivessem Edin Dzeko e Romelu Lukaku.

Quer ver jogos da Inter de Milão no Campeonato Italiano ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

Os "nerazzurri" têm estado ligados à dupla nas últimas semanas, com o bósnio avaliado em 13 milhões de euros, enquanto o atacante do Manchester United se mostrará mais difícil, já que está avaliado em 75 milhões de libras (94 milhões de dólares).

Vieri, que sabe muito bem como encontrar a rede com a camisa do Inter, tendo marcado 123 gols em 190 jogos entre 1999 e 2005, fez vários elogios para ambos os jogadores.

"Não precisei assistir à Itália contra a Bósnia para descobrir Dzeko", disse ele ao jornal Gazzetta dello Sport.

“Ele é o atacante mais completo da Itália: ele é muito forte fisicamente, tem boa técnica, capacidade de ataque e chuta muito bem com os dois pés. Ele marca e marca bem, com ele e Lukaku, o Inter se tornaria devastadora”.

Edin Dzeko Roma 2018-19
(Foto: Getty Images)

Dzeko desfrutou de um período muito próspero na Serie A com a Roma desde que ingressou no Manchester City em 2015, marcando 87 gols em 179 jogos em todas as competições pelo clube.

Enquanto isso, apesar de ter uma temporada considerada como uma de suas melhores para os Red Devils, Lukaku marcou 12 gols em 32 aparições.

Vieri teve a experiência única de vestir camisas em ambos os lados de San Siro, passando da Inter para o AC Milan por um breve período durante a temporada 2005-06.

Outro tópico abordado pelo ex-jogador da seleção italiana foi a impressionante situação na metade vermelha e preta do Milan, que começou a temporada com Gonzalo Higuain na frente antes de assinar com Krzysztof Piatek em janeiro.

Mais artigos abaixo

O atacante polonês se tornou o artilheiro do Milan na temporada, com 11 gols em 21 aparições em todas as competições.

"Aqui conosco [Higuain] marcou uma montanha de gols", acrescentou Vieri. “Ele não ficou feliz em Milão por muitas razões e, em poucos meses, foi impossível adaptar-se ao futebol inglês com o Chelsea. Se eu fosse um diretor de esportes, apostaria com os olhos fechados em Higuain. [Piatek] é um lutador, ele está com fome e ele marca gols. O Milan deve começar com ele".

Fechar