Ronaldo Fenômeno: “queria ter vencido a Libertadores por Cruzeiro ou Corinthians”

R9 comentou o fato de não ter conquistado nem a Copa Libertadores nem a Liga dos Campeões ao longo de sua carreira

Ronaldo Fenômeno é um dos maiores atacantes da história do futebol mundial. E mesmo com uma carreira tão recheada de títulos e conquistas, o craque não venceu a Copa Libertadores da América e a Liga dos Campeões. Nesta sexta-feira (29), véspera da grande decisão entre Palmeiras e Santos, o lendário centroavante revelou que gostaria de ter vencido o torneio sul-americano por Cruzeiro ou Corinthians. 

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Ronaldo construiu praticamente toda sua carreira na Europa, com passagens vitoriosas por Barcelona, Real Madrid, Inter de Milão e Milan. Mesmo assim, o Fenômeno não conseguiu conquistar a Liga dos Campeões - para muitos, o grande título que ficou faltando em sua gloriosa carreira. Além disso, no pouco tempo em atuou no Brasil, o ex-camisa 9 também não conquistou a Copa Libertadores, principal torneio da América do Sul. 

Durante participação no Media House Santander, montado pelo patrocinador oficial do torneio sul-americano para a decisão deste sábado (30), Ronaldo comentou a ausência dos dois troféus na sua galeria de títulos. 

“Participei das duas competições, são dois torneios incríveis. E poucos jogadores no mundo conseguiram todos os títulos. Para mim, fizeram falta [ganhar] a Libertadores e a Champions. Queria ter vencido a Libertadores pelo Cruzeiro ou pelo Corinthians. E queria ter vencido a Champions League pelo Real Madrid ou pela Inter”, comentou o ex-jogador. 

Pelo Cruzeiro, Ronaldo atuou ainda muito jovem, antes de se tornar um verdadeiro fenômeno. Então, no final de carreira, ele retornou ao Brasil para defender o Corinthians, desta vez com a missão de conquistar uma Libertadores pelo clube, que até então nunca havia vencido o torneio. Mesmo assim, o título não veio.

Ronaldo Nazário Corinthians Tolima Foto: Getty Images

Já na Europa, R9 teve boas oportunidades de vencer a Liga dos Campeões, principalmente enquanto atuava pelo Real Madrid, no time dos 'galácticos', ao lado de estrelas como Zidane, Figo, Raúl e Roberto Carlos. Porém, conseguiu chegar apenas até a semifinal do torneio. 

Sempre com o característico bom-humor, Ronaldo também brincou com o fato de as duas competições - Libertadores e Champions League - serem patrocinadas pelo Santander, que organizou o evento comemorativo desta sexta-feira (29). Ronaldo foi um dos convidados ao lado de Marcos, ex-Palmeiras, e Léo, ex-Santos. 

“Faltaram Libertadores e Champions, justamente as duas competições que o Santander patrocina [risos]. Talvez esse detalhe tenha chamado a atenção do banco [risos]”, brincou.

Mas se Ronaldo não tem uma Libertadores, os jogadores de Santos e Palmeiras vão em busca de fazer o que o três vezes melhor do mundo não conseguiu. A bola rola no Estádio do Maracanã, às 17h (de Brasília).

Fechar