Quarteto da Argentina pode ser impedido de enfrentar o Brasil por determinação da Anvisa?

Emiliano Martinez, Giovani Lo Celso, Cristian Romero, e Emiliano BuendiaGetty Images

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a deportação dos jogadores argentinos Emiliano Martínez, Emiliano Buendía, Cristian Romero, Giovani Lo Celso. A entrada de tais jogadores foi considerada, segundo a Anvisa, irregular. Segundo o órgão, os quatro atletas mentiram para entrar no Brasil para enfrentar a seleção brasileira neste domingo (5), em São Paulo.

De acordo com a agência, os quatro jogadores envolvidos descumpriram a regra para entrada de viajantes em solo brasileiro, prevista na Portaria Interministerial nº 655, de 2021. A determinação é a proibição da entrada de qualquer pessoa que tenha passado nos últimos 14 dias por Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Os atletas argentinos citados jogam se encaixam em tal determinação. Martínez e Buendía atuam no Aston Villa, enquato Romero e Lo Celso são jogadores do Tottenham, equipes da Premier League. Os jogadores em questão declararam não ter passagem por nenhum dos quatro países com restrições nos últimos 14 dias. Eles chegaram ao Brasil em Guarulhos (SP), vindo em vôo que partiu de Caracas, na Venezuela, onde a Argentina venceu os venezuelanos por 3 a 1.

Segundo a Anvisa, Lo Celso, Romero, Martínez e Buendía não informaram às autoridades sanitárias que estavam na Inglaterra no último final de semana, atuando por seus clubes antes de se apresentarem à seleção argentina.

O Globo Esporte noticiou que autoridades da Conmebol e da CBF interviram diretamente com o Governo Federal do Brasil para a realização do jogo. Embora os jogadores tenham preenchido erroneamente um formulário na imigração, o caso foi contornado.

Desta forma, Lo Celso, Romero, Martínez e Buendía podem atuar sem problemas para a Argentina.

Entenda o caso

A Anvisa notificou a Polícia Federal e a determinação, como informou o portal Uol, era de que os quatro jogadores fossem retirados da concentração pelas autoridades e encaminhados ao aeroporto de Guarulhos, onde aguadariam pelo embarque da delegação argentina após o jogo contra o Brasil.

Ainda havia a possibilidade de uma decisão da Casa Civil autorizar a participação dos quatro jogadores na partida, como apurou o Globo Esporte. No entanto, a Conmebol e a própria CBF inteferiram junto ao Governo Federal para a realização da partida normalmente, com os quatro atletas à disposição do elenco argentino.

O Brasil não tem nenhum jogador que atua na Inglaterra em seu elenco. Atletas como Richarlison, Roberto Firmino e Gabriel Jesus foram impedidos de viajar ao Brasil para a disputa dos três jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

Brasil e Argentina se enfrentam neste domingo (5), às 16h (de Brasília), na Neo Química Arena, em São Paulo. Aqui na Goal, você pode acompanhar tudo do clássico em tempo real clicando aqui.