‘Olho no olho’ de Alex Telles fez Porto aceitar negócio com Manchester United

Comentários()
Alex Telles Manchester United 2020
Manchester United FC
Portugueses fizeram jogo duro, mas aceitaram uma venda de 15 milhões de euros, com mais 2 milhões de euros em objetivos

Disposto a segurar Alex Telles com unhas e dentes, mesmo sabendo que perderia o jogador de graça em breve, visto o término do contrato em junho de 2021, o Porto cedeu, exatamente aquilo que não havia feito em outros casos semelhantes, e aceitou a negociação com o Manchester United. Uma conversa “olho no olho” entre o lateral-esquerdo e o presidente Pinto da Costa foi decisiva para o desfecho positivo da transferência.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Mais artigos abaixo

Dos principais destaques do time português nas últimas temporadas, sendo campeão nacional em duas ocasiões, e valorizado ainda com a recente convocação à seleção brasileira, Telles pediu ao dirigente para ser negociado com os ingleses, num acordo que foi concretizado em 15 milhões de euros (R$ 98,5 milhões), com outros 2 milhões de euros (R$ 13 milhões) em bônus por metas atingidas.

Na conversa particular com o Pinto da Costa, que internamente gerou discórdia por parte do treinador Sérgio Conceição, o brasileiro falou da própria questão financeira, da ambição de atuar na Premier League, tendo assinado um vínculo válido por quatro anos (com mais um de opção) com os red devils, e também da importância de uma venda neste momento, a fim de ajudar a trazer um respiro aos cofres dos dragões, que têm lutado constantemente para equilibrar as exigências do fair-play financeiro.

Desta vez, o mandatário portista acabou por ser convencido, algo que não havia acontecido com outras referências recentes do elenco, como o volante mexicano Héctor Herrera e o meia argelino Yacine Brahimi, que deixaram o clube a custo zero, mesmo depois de vários meses a serem alvos de ofertas “pouco vantajosas” na Europa - ambos permaneceram no Dragão até o último dia de contrato e saíram sem render nada do ponto vista econômico, a caminho de Atlético de Madrid e Al-Rayyan, respectivamente.

Fechar