Ninho do Urubu: Flamengo 2019 tem elenco superior ao ano passado, mas ainda carente; veja a avaliação

Comentários()
Alexandre Vidal/CR Flamengo
Setor por setor, confira como está a situação do grupo rubro-negro para a temporada que se inicia


Por Bruno Guedes


O Flamengo começa a temporada 2019 como a grande locomotiva do mercado. Com quatro reforços caros, o elenco Rubro-Negro se qualificou em áreas importantes porém ainda está deficiente. O grande acerto é a montagem de um grupo polivalente, com atletas que podem atuar em mais de uma posição.

A coluna Ninho do Urubu fez uma avaliação por cada setor, confira a seguir!


Goleiros


Diego Alves Flamengo Fluminense 07062018

Indiscutivelmente o Flamengo tem um dos melhores goleiros do Brasil: Diego Alves. Após os problemas em 2018, será peça chave na Copa Libertadores pela experiência. É um dos pilares do time. O setor ainda conta com César, formado em casa e que provou o valor após ótimas atuações ano passado. O jovem Gabriel, grande aposta interna, completa o trio.


Zagueiros


Rodrigo Caio Flamengo apresentação

Ao contrário da temporada passada, o clube agora tem jogadores mais jovens e velozes. E dentro da característica do time em si, que necessita dessa transição rápida. Por vezes os zagueiros precisam da velocidade para as fases defensiva e ofensiva.

Trouxe o talentoso Rodrigo Caio, que como falamos há algumas semanas, tem a chance de voltar a ser o atleta que se espera dele. Tem o Léo Duarte mais experiente após bom 2018, as boas atuações do Rhodolfo e a liderança do Juan. Ainda conta com a juventude e o crescimento de Thuler e Dantas.

Clube ainda vai buscar mais um zagueiro experiente.


Laterais


Rodinei Flamengo Bahia Brasileirao Serie A 31052018

É o setor mais carente do Flamengo. Sem reforços, foi um dos grandes problemas na temporada passada. A maior delas é a lateral direita, onde Rodinei e Pará oscilam entre boas e más atuações.

Na esquerda, Renê ganhou a vaga. Eleito o melhor da posição em 2018, só perde a titularidade se vier um nome de peso, o que não deve acontecer. O reserva Trauco, tecnicamente o melhor entre todos, ainda carece de melhor desempenho defensivo e sua polivalência pode ser usada em outro setor, como meio-campo.


Volantes


Cuellar Flamengo x Atlético-PR Arena da Baixada Brasileirão 19 08 18

Com dois jogadores de marcação entre as características, Cuéllar e Piris da Motta, ainda precisa de um atleta para ajudar na saída da bola. Hoje o papel cabe a Willian Arão. Mas perseguido pela torcida, já começa pressionado.

O jovem Hugo Moura vem ganhando elogios da comissão técnica e pode ganhar espaço ao longo do ano.


Meias


Éverton Ribeiro Flamengo Ajax Florida Cup 10012019

Com Diego, Éverton Ribeiro e a promessa Jean Lucas, é um dos setores mais técnicos do elenco. Com jogadores de características completamente distintas, diversifica as opções de montagem no meio.

A chegada do Arrascaeta dá uma encorpada e redistribuição na circulação da bola, um dos pontos críticos durante 2018. Além de ganhar força ofensiva.


Atacantes


Gabigol Arrascaeta apresentação torcida Flamengo 20012019

É de longe o setor mais bem reforçado e com opções. Há jogadores de diferentes estilos e que abrem uma gama de opções ao técnico Abel Braga. Vitinho, Gabigol e Berrío são atacantes que podem atuar pelo lado ou de centroavante. Mais uma vez a polivalência. Ainda terá Bruno Henrique, meia/ponta.

Uribe, agora adaptado ao Brasil e ao estilo de jogo do Flamengo, já mostrou na pré-temporada que vai acirrar a briga pela titularidade. Dourado é outro que pode subir, já que fez sua melhor temporada na carreira com Abelão. O jovem Lincoln segue sendo lapidado e ganhando espaços.

Bruno Guedes colunista torcedor Flamengo

Bruno Guedes é músico, apaixonado por futebol e beisebol. Brasiliense por certidão e carioca de coração, acredita no futebol brasileiro e tem Romário como o maior jogador que viu dentro das quatro linhas.

Fechar