Vasco 2 x 5 Corinthians: Timão sai na frente, leva susto, mas aplica goleada e assume a ponta do Brasileirão

Comentários()
Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Equipe de Fábio Carille chega a marca de três vitórias em três jogos longe de casa

Quem segura o Corinthians no Campeonato Brasileiro? Na noite desta quarta-feira, a equipe de Fábio Carille fez mais uma vítima e, outra vez, fora de casa. Em São Januário, o Timão venceu o Vasco por 5 a 2, e assumiu a liderança do torneio nacional. Marquinhos Gabriel, Jô, Maycon, e Clayton, duas vezes, fizeram para o time paulista, enquanto Luis Fabiano fez os gols do Cruzmaltino.

Com o resultado, o Corinthians chega a marca de três vitórias em três jogos longe de casa, e volta à ponta da tabela, agora com 13 pontos. Já o Vasco cai para a 13ª posição, com 6 pontos marcados. Na próxima rodada, o Timão recebe o São Paulo em Itaquera, enquanto o Cruzmaltino joga em casa contra o Sport.

O jogo

Mal a bola rolou e o Vasco teve o seu primeiro problema: Kelvin torceu o joelho esquerdo e deixou o jogo logo aos 2 minutos. O Corinthians, então, aproveitou a diferença numérica e abriu o placar logo aos 3. Em lance rápido de ataque pela esquerda, Clayson abriu para Arana, que cruzou rasteiro e Marquinhos Gabriel encheu o pé.

O Cruzmaltino foi em busca do empate, mas teve dificuldade para passar pelo muro corintiano. A equipe tentou chegar nos arremates de fora da área e em cruzamentos, mas o melhor lance foi em chute forte de Manga, que Cássio espalmou. O Corinthians, por outro lado, se manteve fechado e aproveitou seu único contra-ataque. Aos 39, Marquinhos Gabriel deu grande passe para Jô, que avançou entre os zagueiros, driblou o goleiro e mandou para a rede. 

Na etapa complementar, uma chuva de gols. O Vasco diminuiu logo aos 2 em cabeçada de Luis Fabiano e deixou tudo igual logo em seguida, também com o atacante. O Corinthians, sentiu por alguns minutos, mas logo retomou seu padrão e, aos 12 chegou ao terceiro gol com Maycon, após grande passe de Clayson. Aí quem assinalou o golpe foi o Vasco. O time seguiu tentando igualar, mas não encontrou espaços. Do outro lado, o Timão foi implacável. Aos 32, Jô cruzou para cabeçada de Clayton aumentar o placar. E já no fim, novo cruzamento e Clayton, de novo, anotou e fechou o marcador.  

Fechar