Notícias Placares ao vivo
La Liga

Real e Barça perdem no mesmo dia e quebram marca de 20 anos... e a uma semana de El Clásico

18:57 BRT 17/10/2020
GERMANY ONLY: ANTOINE GRIEZMANN BARCELONA
Dois gigantes espanhois foram batidos em seus jogos de LaLiga e ambos chegam vacilantes para o maior duelo da Espanha

Na tarde desse sábado (17), algo pouco usual aconteceu na Espanha: tanto Real Madrid quanto o Barcelona perderam seus jogos no mesmo dia. Embora a fase das duas equipes já não seja como a de tempos atrás, os dois gigantes se viram batidos por dois times de menor expressão: o Cádiz e o Getafe, respectivamente. O tropeço das duas equipes evidencia um momento de dúvidas sobre os dois maiores campeões espanhois. E tudo isso a exatos sete dias do clássico entre os dois.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste por um mês grátis!

De acordo com o jornalista espanhol Mr Chip, o Real Madrid e o Barcelona não perdiam no mesmo dia sem marcar nenhum gol há 20 anos e 164 dias, para ser exato. A última vez que isso ocorreu foi em 6 de maio de 2000, quando o Barça perdeu em casa para o Rayo Vallecano por 2 a 0, e o Real, também em casa, foi derrotado pelo Alavés pelo placar mínimo.

O dia foi histórico não apenas por isso, pois, de acordo com outra informação trazida pelo Mr Chip, pela primeira vez em 91 anos de história da primeira divisão espanhola, um atual campeão e líder da competição perdeu em casa para um time recém-promovido, como é o caso do modesto Cádiz.

Ao fim da programação de jogos desse sábado (17) em LaLiga, o Real Madrid divide a liderança do certame com outras três equipes que pouco costumam frequentar a parte de cima da tabela: Getafe, Cádiz e Granada. Os quatro times têm 10 pontos, enquanto o Barcelona ocupa a 9ª posição, com sete pontos.

No próximo sábado, dia 24 de outubro, ocorrerá o esperado El Clásico, que colocará os dois gigantes frente a frente no Camp Nou, casa do Barça. Tanto Ronald Koeman quanto Zinedine Zidane chegam com certa pressão para o confronto. Os bastidores do Barcelona, que contou com a saída de Suárez, a quase saída de Lionel Messi e mais influenciam no trabalho do técnico holandês, que depois de um bom começo, já vê seu time perder pontos pelo segundo jogo seguido.

Zidane está mais com crédito, pois acabou de conduzir o Real ao título de LaLiga na última temporada, mas há pouca empolgação na capital espanhola. O sucesso de James Rodríguez no Everton, sendo que ele sempre foi desprezado por Zizou no Real, colocou uma "pulga atrás da orelha" dos merengues. Embora ainda haja boas novidades, como as primeiras oportunidades para o jovem goleiro Luiz Cañizares (filho do ex-arqueiro com o mesmo sobrenome), não há grande euforia para a atual temporada da equipe merengue.

Animação em Madri só no Atlético, aparentemente. O time comandado por Diego Simeone ocupa a sexta posição, a apenas dois pontos do Real, e é a única equipe invicta em LaLiga até o momento. Como se não bastasse a boa perspectiva, Luis Suárez, rechaçado por Koeman do Barça, marcou o seu gol número 150 na primeira divisão espanhola e faz o torcedor culé lamentar ainda mais a já tão criticada gestão de Josep Maria Bartomeu.

O clássico que colocará os dois maiores rivais espanhois frente a frente já foi mais aguardado em outras temporadas, mas ainda assim pode ser um importante duelo para dar novos ânimos, fôlegos e rumos para dois gigantes ainda sonolentos na atual campanha.