Raça, disposição e vantagem sobre Eto'o: Obina completa 35 anos e recebe o carinho dos Rubro-Negros

Comentários()
ANTONIO SCORZA/AFP/Getty Images
Atacante marcou época no Flamengo e conquistou o carinho da torcida, além de títulos e artilharias

Um dos jogadores mais folclóricos que passou pelo Flamengo completa nesta quarta-feira(31), 35 anos, estamos falando de ninguém menos que Obina, sim, aquele que é melhor que Eto'o, como a torcida Rubro-Negra cansou de cantar nas arquibancadas do Maracanã.

Em tempos difíceis, Obina, que não é e nunca foi nenhum craque, vestiu a camisa 9 do Flamengo e compensou a falta do talento dos grandes atacantes do futebol brasileiro com muita disposição e entrega. Ele não só marcou gol que livrou o Flamengo do rebaixamento como também de título e ganhou o carinho da torcida por sua dedicação e carisma. 

Vinicius e Obina
( Pequeno Vinicius Junior tietando o ídolo depois do treino do Flamengo. Foto: Arquivo pessoal / Divulgação)

Mas o jogador não teve início fácil no Flamengo, no começo foi alvo de muitas críticas e perseguido pela torcida que o ridicularizava assim como boa parte da imprensa, mas o empenha, humildade e esforço do atacante fizeram com que ele conquistasse a Nação. Em 2005, na reta final do Brasileirão, foi ele o gol que acabou com as chances de rebaixamento do Flamengo, algo inacreditável devido a situação que o time se encontrava rodadas antes. 

Obina Eto'o
(Canto da torcida virou febre e Obina passou a ser comparado com Eto'o)

Em 2006, viveu um de seus melhores momentos, sendo decisivo para o título da Copa do Brasil, conquista nacional que não vinha desde 1992 e uma carência muito grande da torcida. No Brasileirão, voltou a ter grandes atuações caindo de vez nas graças de todos. 

Em 2007, o atacante foi decisivo na arrancada que saiu da zona de rebaixamento para o terceiro lugar, conquistando assim uma vaga na Copa Libertadores do ano seguinte. Em 2008, voltou a ser decisivo, desta vez marcando três gols nos dois jogos da final do Campeonato Carioca. No ano seguinte, deixou o Flamengo rumo ao Palmeiras, mas é até hoje lembrado com carinho pela torcida.

Ao todo, Obina marcou 47 gols com a camisa Rubro-Negra conquistou três campeonatos carioca e uma Copa do Brasil, além de ter sido fundamental para livrar o clube do rebaixamento. 

Próximo artigo:
Di María culpa Van Gaal pelo seu fracasso no Manchester United: "Houve problemas com o técnico"
Próximo artigo:
Tudo o que você precisa saber sobre o Campeonato Paulista 2019
Próximo artigo:
Arsenal tenta tirar James Rodriguez do Bayern
Próximo artigo:
Benzema será operado, diz emissora de rádio
Próximo artigo:
Mesmo com nove baixas, Isco não tem vaga garantida no time do Real Madrid
Fechar