Hazard: "quero trabalhar com Mourinho de novo"

Comentários()
Getty Images
O atacante do Chelsea afirmou que um de seus únicos arrependimentos é não ter jogado sob o comando do técnico português o quanto gostaria

Eden Hazard revelou que gostaria de trabalhar com o técnico do Manchester United, Jose Mourinho, novamente.

O belga jogou sob os comandos do português durante dois anos no Chelsea, entre 2013 e 2015, antes de Mourinho ser demitido.

Mesmo em pouco tempo, venceu o título da Premier League e a Copa da Liga em seu segundo ano em Stamford Bridge, e Hazard foi um dos membros cruciais para as vitórias, marcando 14 gols e concedendo 10 assistências.

Uma segunda temporada fraca fez com que Mourinho fosse descartado, e o astro belga lutou para ficar em boa forma, marcando apenas quatro gols no campeonato.

Agora, o treinador está novamente em situação cautelosa, desta vez com o Manchester United, que já está sete pontos atrás dos Blues e do Manchester City.

Hazard, entretanto, mantém sua opinião de que se arrepende por não ter mais o técnico português no comando, e gostaria de jogar com ele novamente.

“A última temporada com Mourinho não foi agradável. Não vencemos, entramos num tipo de rotina, treinando muito e sem nos divertir, foi melhor para ambas as partes que ele fosse embora”, disse o jogador. “Se me perguntassem agora qual técnico eu gostaria de trabalhar de novo, eu diria: Mourinho”.

Eden Hazard Jose Mourinho

Hazard admite que o treinador do United pode atacar seus jogadores caso os resultados comecem a cair, e acredita que há uma maneira simples de mudar isso: vencendo.

“Se os resultados estão ruins, ele começa a criticar os jogadores – você sabe disso, mas só depois que fui capaz de aceitar, é parte do personagem dele”, acrescentou o belga. “Se o time vencer, Mourinho é o melhor técnico que pode-se imaginar. Ele se torna seu amigo. Quer um dia de folga? Ele te dá dois. Se tudo correr bem, Mourinho vai levar o futebol como eu: com facilidade. Mesmo sua própria imagem de ser extremamente defensivo não é tão ruim. Ele está longe de ser aventureiro como Pep Guardiola, mas no ano em que fomos campeões, marcamos muitos gols e fizemos ótimas partidas”.

“Não me arrependo de muitas coisas na minha carreira, mas não poder trabalhar mais com Mourinho no Chelsea é uma delas. Nós tínhamos uma equipe capaz de ganhar muitos prêmios, mas acabamos com uma espiral negativa”.

Durante os meses finais de Mourinho no Chelsea, a performance de Hazard foi considerada emblemática, na forma como luta para tirar o melhor dos jogadores criativos, mas o belga assumiu a responsabilidade por suas próprias falhas.

“Nesses doze anos de carreira profissional, tive um ano ruim, e foram os últimos seis meses sob o comando de Mourinho, e foi em parte culpa minha”, disse ele. “Depois de vencer o título, pedimos a Mourinho para ter mais férias. Eu estava totalmente fora de forma no início da temporada, e lembrei-me dessa lição durante essas últimas férias. Quatro semanas após a Copa do Mundo, eu estava de volta aos treinos do Chelsea”.

Fechar