Notícias Placares ao vivo
Flamengo

Mozer repete presidente e não vê ano ruim no Fla: torcida se revolta com discurso passivo

16:49 BRST 31/10/2017
Mozer_Flamengo_Ok
Gerente de futebol não entende críticas destinadas a temporada Rubro-Negra

Um dos grandes ídolos da história do Flamengo, o ex-zagueiro Mozer retornou ao clube no ano passado para assumir a gerencia de futebol, cargo vago desde a saída de Gabriel Skinner. Longe dos microfones, ele evitou durante um longo período as entrevistas, mas nesta terça-feira(31), atendeu o UOL e falou sobre diversos assuntos.

Para Mozer, mesmo com a eliminação precoce na Libertadores, a perda do título da Copa do Brasil e a irregularidade no Campeonato Brasileiro, o Flamengo não deixa a desejar na temporada.

"De maneira nenhuma. Cheguei no ano passado e a equipe fez um excelente trabalho. Terminamos em terceiro lugar no Campeonato Brasileiro. Tivemos uma recuperação enorme e esse caminho melhorou muito. Alcançamos três finais em 2017: Taça Guanabara, Campeonato Carioca e Copa do Brasil. Estamos nas quartas da Sul-Americana e em uma situação não muito boa no Brasileirão. Temos, porém, plenas condições de recuperar a equipe e terminar no G-4".


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

As declarações do ídolo não repercutiram bem entre os torcedores que ficaram indignados com o fato de Mozer não admitir em momento nenhum que 2017 não foi como o esperado. Com alto investimento e uma das folhas salariais mais altas do futebol brasileiro, a temporada não é nem de longe positiva.

Como se não bastasse, Mozer também incluiu o Campeonato Carioca como título de expressão.

"Todo título tem expressão. Se você não ganha um Campeonato Carioca, o Flamengo vira um inferno. Você tem dúvida disso? Já ganhamos um título, é bom que todo mundo saiba".

No mais, o gerente de futebol também fez uma comparação com os rivais do Rio, Fluminense e principalmente o Botafogo, que surpreendeu na temporada. Vale ressaltar, porém, que o investimento do Flamengo é muito maior do que o dois rivais.


(Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação)

"Se avaliarmos junto aos clubes com o mesmo grau de importância, quando dizem que fazem temporadas brilhantes, afirmo que gostaria de ver o Flamengo incluído na lista. Falam do Botafogo, Fluminense, de outros clubes até que não disputaram finais. Não ganharam nada e também foram eliminados de competições internacionais. Mas a análise que fazem está muito longe do trabalho que o Flamengo realiza. Ainda temos possibilidades de alcançar o que propusemos para o ano. Essa avaliação é completamente incorreta, injusta e desrespeitosa no meu ponto de vista".

O que mais causou indignação em todo o discurso de Mozer, foi que em momomento nenhum ele se mostrou insatisfeito com os resultados na temporada. Nem ao mesmo teve a capacidade de assumir que no planejamento da equipe existam falhas e que, precisam ser avaliadas para a próxima temporada.


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Esse tipo de discurso, porém, não pertence apenas ao gerente de futebol, é algo que vem sendo repetido pelo presidente e por Diego, craque do time, e é exatamente essa falta de senso que revolta os torcedores. 

E não, o Flamengo não teve uma boa temporada e o Carioca não é um título de expressão. Vale ressaltar também, que o Rubro-Negro apenas está nas quartas de final da Sul-Americana porque saiu precocemente da Libertadores. 

No Brasileirão, o time ocupa a sétima posição e pode ficar até sem a vaga direta no maior torneio da América do Sul na próxima temporada. Além disso, em termos de desempenho, o time perdeu praticamente todos os jogos contra as equipes de parte de cima da tabela e não consegue vencer fora de casa.