Notícias Placares ao vivo
Flamengo

Flamengo espera eleições para buscar técnico estrangeiro: Jorge Jesus, Gallardo e Villas-Boas em pauta

10:18 BRT 30/11/2021
Flamengo - Jorge Jesus, Gallardo e Villas-Boas
Diretoria rubro-negra não tem pressa e quer novo comandante com extensa comissão técnica

Sem a Libertadores, a Copa do Brasil e com pouquíssimas chances no Brasileirão, o Flamengo já começa a pensar na próxima temporada. Depois da saída de Renato Gaúcho, o foco é na busca por um novo treinador. Ainda sem plano A ou B definidos, há uma regra na mesa: que seja estrangeiro.

Antes de intensificar a procura, no entanto, a diretoria espera as eleições, que acontecem neste sábado (4), na sede do clube, no Rio de Janeiro. Landim está com a reeleição muito bem encaminhada e só uma catástrofe tira esses mais três anos de gestão. No entanto, a regra é ter calma para não dar o bote errado e cair nos mesmos problemas desde a saída de Jorge Jesus.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

O Mister, inclusive, é um nome que está no radar, mas que neste momento depende mais dele do que do clube. O Flamengo entende que não pode esperar que seu contrato termine no Benfica, o que só acontece no meio do ano, e precisa de um comandante agora, para ajudar na reformulação do departamento de futebol e, claro, ter tempo para preparar a equipe para uma intensa temporada.

Além de JJ, outro português é muito bem avaliado. Trata-se de André Villas-Boas, ex-treinador de equipes como Chelsea e Porto. Na América do Sul, o nome que mais enche os olhos dos dirigentes é o de Marcelo Gallardo, atualmente no River Plate. Antes de qualquer passo, porém, o Flamengo planeja sondar os planos de cada um desses treinadores, entre outros que podem entrar em pauta num segundo momento.

Os dirigentes entendem que a contratação de nomes como esses citados não dependente apenas de questões financeiras, mas passa muito mais pelo projeto profissional de cada um. Gallardo, por exemplo, nunca escondeu o desejo de dirigir um clube na Europa, e após ser campeão argentino com o River Plate na última semana, já falou em tom de despedida.

Um dos grandes requisitos para a contratação de um novo treinador, conforme trouxe a GOAL, é que o novo comandante chegue com um grande staff, como foi com Jorge Jesus, que tinha sete profissionais em sua comissão técnica. Na avaliação da diretoria, esse é o melhor caminho para reencontrar a paz dentro do Ninho do Urubu.

É de olho nesses detalhes que o Flamengo entende que não precisa ter pressa para encontrar um novo comandante, mas sabe que vai precisar colocar a mão no bolso. O departamento de futebol estima que será necessário gastar acima dos 2 milhões de reais com a nova comissão técnica, mas ainda não houve alinhamento com o departamento financeiro, o que, repetimos, só vai acontecer depois das eleições.