Fenômeno de carisma, Richarlison explica porque sempre dá atenção aos fãs depois dos jogos da Seleção

Comentários()
Getty
Atacante costuma ser o último a deixar o gramado e vai até a arquibancada tirar fotos, autografar e cumprimentar os torcedores

Depois da Copa do Mundo, Tite deixou claro que tinha a missão de renovar a equipe de forma gradativa de olho no Catar, em 2022. Logo na primeira convocação, ele trouxe algumas novidades, entre elas Richarlison, que só foi chamado porque Pedro, que vinha sendo destaque no futebol brasileiro, se lesionou. 

O atacante do Everton aproveitou a oportunidade e "chegou chegando" na Seleção. Em seis jogos, foi titular em apenas um, mas balançou as redes em três oportunidades, mostrou desenvoltura e versatilidade, pode atuar tanto pelo lado direito, esquerdo ou centralizado no ataque. Vai para cima dos adversários e propõe uma verticalidade sempre em direção ao gol.

Além disso, Richarlison carrega consigo o carisma e o bom humor, o atacante conquistou toda a comissão técnica e os jogadores mais experientes do grupo, até mesmo o filho de Neymar virou um grande fã do atacante. Antes do duelo contra o Uruguai, pelo Brasil Global Tour do mês de novembro, Davi Lucca, pediu que o jogador balançasse as redes e comemorasse com a sua famosa "dança do pombo", algo revelado pelo próprio camisa 10 da Seleção. 

Richarlison Brazil Cameroon Friendly 20112018
(Foto: Getty Images)

O gol veio contra Camarões, quando Richarlison entrou no lugar do próprio Neymar que saiu de campo lesionado. Ele anotou o tento da vitória e comemorou do jeito que Davi Lucca havia pedido. Além disso, fechou as experiências pós Copa bem perto de uma vaga na Copa América.

"Acho que foi um belo trabalho, não só meu mas de todos que vieram aqui. Estou feliz pelo meu desempenho, posso melhorar e vou procurar evoluir. Agora é dar sequência no meu clube para poder chegar na Copa América".

Se dentro de campo Richarlison tem feito muito bem seu trabalho, fora dele o atacante demonstra humildade, respeito e carinho pelos torcedores. Depois das partidas, ele é normalmente o último a sair de campo e vai até as arquibancadas para tirar fotos, autografar e trocar uma ideia com quem ainda está presente. 

Questionado sobre o assunto, ele respondeu ao Brasil Global Tour porque sempre que termina os jogos tenta atender o torcedor nas arquibancadas. 

Mais artigos abaixo

"É sempre importante, as vezes esses torcedores saem de muito longe para vir aqui assistir a gente, então a gente tem que retribuir eles também. Não custa nada chegar lá e tirar uma foto com eles, a apertar a mão deles, é o que eu faço, depois de um jogo assim eu sempre vou lá e retribuou o carinho que eles tem por mim dentro de campo". 

Por esses gestos, o atacante tem se tornado um fenomeno de popularidade nos jogos da Seleção, seu nome vem sendo um dos mais festejados nas partidas além dos mais comentados nas redes sociais. Mas apesar de todo o bom pacote, Richarlison mantém os pés no chão e quer sequência para estar na Copa América.

"Tem que estar preparado, eu venho trabalhado firme no clube, a Seleção me acolheu bem, me senti como se tivesse jogando dentro do Everton e eu estou feliz, muito feliz pelo grupo, pelo Tite que me deu oportunidade. É dar sequência porque eu quero estar dentro da Copa América".

Fechar