Seleção: como convocação de Tite poupou times brasileiros em decisões importantes

Comentários()
Tite Brasil Venezuela Copa América 18062019
Getty
Técnico optou por não convocar jogadores de equipes que estão em fases decisivas na Copa do Brasil e Libertadores

Nesta sexta-feira (16), o técnico Tite revelou os 23 convocados para os amistosos da seleção em setembro, nos Estados Unidos. Algumas ausências na lista levantaram questionamentos por parte dos torcedores que não concordaram com o treinador, especialmente em relação a jogadores em alta no Brasil e outros jovens em ascensão. Por sua vez, o comandante usou do “bom senso”, segundo ele, na hora de decidir quem defenderia as cores do país nos duelos contra Colômbia e Peru.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste o serviço por um mês grátis!

Os amistosos vão ocorrer nos dias 06 e 10 do mês seguinte, datas próximas aos duelos de volta das semifinais da Copa do Brasil e semifinal da Libertadores.

Gabigol, Rodrigo Caio, Everton, Dudu e Bruno Guimarães eram os principais cotados a fazerem parte da lista de Tite entre os atletas que jogam no Brasil, o que não correu. A justificativa seria justamente o momento decisivo para os clubes nacionais nesta fase da temporada.

Tite Brasil seleção Paraguai Copa América 27 06 2019
(Foto: Getty Images)

O Grêmio está na disputa por uma vaga à final da Copa do Brasil, ao lado do Athletico-PR e briga por um lugar na semifinal da Libertadores, assim como Flamengo e Palmeiras. Desfalques de tamanha importância para os respectivos clubes com os dos nomes citados acima poderiam ser um perda técnica irreparável.

Durante a entrevista coletiva após a convocação, Tite explicou o motivo pelo qual não chamou os jogadores e citou a Copa do Brasil: “Escolhas são passíveis de preferência, mas o cuidado para manter o equilíbrio da competição. Não só em relação ao Flamengo, assim como o critério técnico com relação à Copa do Brasil. É um momento decisivo, não tem necessidade de gerar um desequilíbrio. As equipes são postulantes a títulos, e compete a nós, mesmo que legalmente estejamos amparados, termos uma visão de bom senso.


Flamengo


O time carioca esperava ter Gabigol, Rodrigo Caio e Bruno Henrique entre os convocados. Desses, apenas Bruno Henrique fará parte do elenco da seleção durante os amistosos. Em tese, o atacante teria condições de atuar com o Flamengo na partida de volta da Libertadores contra o Internacional, em 28 de agosto, tendo tempo de sobra para se apresentar à delegação antes do primeiro amistoso, diante da Colômbia ocorre em 06 de setembro, em Los Angeles.

Bruno Henrique Flamengo LDU Libertadores 24 04 2019
(Foto: Alexandre Vidal/Flamengo/Divulgação)

Caso o Fla conquiste vaga à semifinal da Libertadores, correria o risco de perder atletas para os amistosos de outubro em caso de nova convocação: as datas FIFA deste mês acontecem entre os dias 7 e 15, em meio à disputa das semifinais.


Palmeiras


Weverton foi o único nome palmeirense escolhido por Tite, no entanto, Dudu estava entre os favoritos a jogar ao lado do companheiro de clube.

Por outro lado, o goleiro alviverde irá desfalcar o Palmeiras em duas rodadas do Brasileirão Série A: contra o Goiás (7 de setembro, fora) e Fluminense (dia 10, em casa), duelo adiado válido pela 16ª rodada.


Grêmio


Everton Coutinho Firmino Brasil Peru Copa America final 07072019

Everton, artilheiro do time na temporada e um dos destaques do elenco comandado por Renato Gaúcho foi peça essencial do esquema tático de Tite durante o título da Copa América 2019.

Ainda assim, o técnico do Brasil preferiu não convocar o atleta: o Grêmio, vale lembrar, entra em campo pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil contra o Athletico-PR em 04 de setembro, apenas dois dias antes do primeiro amistoso.

Da mesma forma, o 'Cebolinha' ficará indisponível para a partida contra o Cruzeiro no dia 8 de setembro, em Belo Horizonte, pela penúltima rodada do primeiro turno.


Athletico-PR


Bruno Guimarães Athletico Tolima Copa Libertadores 09042019

Preocupado com uma possível ausência de Bruno Guimarães para o duelo de volta da Copa do Brasil diante do Grêmio, o paranaense não corre mais este risco. O jogador não estava entre os 23 nomes escolhidos por Tite. O Athletico perdeu o primeiro jogo das quartas, na Arena Grêmio, por 2 a 0.

Fechar