Cruzeiro amplia maior jejum sob comando de Mano e tenta reação antes da Copa América

Comentários()
Pedro Vilela/Getty
Há oito partidas sem vencer, time de Mano Menezes tenta se reabilitar em 2019 depois de mais um empate - agora diante do Corinthians, pelo Brasileirão

Mano Menezes ampliou o jejum mais longo de sua passagem no Cruzeiro. Ele chegou ao oitavo jogo seguido sem uma vitória em tempo normal na temporada e, agora, tenta ajeitar o time durante a paralisação para a disputa da Copa América.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

A última vez que a equipe pôde celebrar um triunfo durante um jogo foi diante do Goiás, em 5 de maio passado, pela terceira rodada do Brasileirão. Desde então, a Raposa foi derrotada em quatro oportunidades - Emelec, Internacional, Fluminense (Brasileiro) e Chapecoense - e empatou outros quatro jogos - Flu (duas vezes pela Copa do Brasil), São Paulo e, agora, Corinthians.

Em sua pior sequência no clube, Mano Menezes, agora, tenta fazer a equipe se reerguer. Antes da paralisação para a Copa América, a qual dura um mês, o time enfrentará o Fortaleza na próxima quarta-feira (12), no Castelão.

Mais artigos abaixo

"Temos mais um jogo, precisamos fazer os três pontos para não ficarmos muito atrás dos outros times. Evoluímos, mas ainda não vencemos. Isso nos deixa chateados. Agora é ter a cabeça erguida, é pensar no Fortaleza para terminar bem a primeira parte do ano", disse o lateral esquerdo Dodô.

A necessidade de voltar bem se dá também pela série de jogos difíceis que a equipe terá na volta da Copa América. Em baixa no Brasileirão, o time enfrentará o River Plate nas oitavas de final da Copa Libertadores e também estará na disputa das quartas de final da Copa do Brasil - o adversário ainda não foi definido.

Fechar