Carille critica Aguirre após derrota no Majestoso: 'Cara de pau de falar que não me conhecia'

Comentários()
© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Treinador uruguaio explicou o ocorrido após o triunfo do São Paulo por 1 a 0, neste domingo (25), no Morumbi

Fábio Carille não escondeu sua chateação e reclamou muito da postura do técnico Diego Aguirre. Segundo o comandante corintiano, seu colega não o cumprimentou antes do Majestoso, que terminou com vitória do São Paulo por 1 a 0, neste domingo (25), no Morumbi, pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Paulista.

“Eu dei uma dura nele, sim. Ele passou no início do jogo na minha frente, não me deu a mão e nem me cumprimentou. Me deixou muito chateado. Sempre falo que se for para acrescentar, sou a favor de técnico estrangeiro, que as portas estão abertas. Ele teve a cara de pau de falar que não me conhecia, que não me reconheceu. No intervalo cobrei isso dele quando o árbitro nos chamou. É um pouco de falta de educação. Fiquei muito chateado. Ele falar que não conhecia o técnico do Corinthians, 100 jogos, ele já trabalhou no Atlético-MG, foi um desrespeito muito grande e fui cobrá-lo. Não tem nada de panos quentes para o próximo jogo”, declarou Carille em entrevista coletiva.

Em seguida, Aguirre explicou a situação e procurou minimizar o fato.

“Fico surpreso que a primeira pergunta seja sobre o Carille, não sobre o que aconteceu dentro de campo. Normalmente, as coisas que passam dentro ficam ali. É uma coisa normal, eu estava focado no jogo. Estava pensando em coisas do jogo, não estava olhando. Não vejo que seja uma coisa errada, mas como ele talvez não entendeu, acabou o jogo e fui falar com ele: "me desculpa, eu não reconheci você". Nunca tive nenhuma diferença com nenhum treinador em toda a minha carreira. Isso não existe, acabou, fica dentro de campo”, afirmou.

Diego Aguirre - São Paulo - 25/03/2018
(Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

“Isso não terá nenhum reflexo para o jogo de volta. Ele é o técnico do campeão do Brasil. Eu estou no futebol. Não tenho mais nada para falar sobre isso”, finalizou.

Com o resultado, o São Paulo joga pelo empate na próxima quarta-feira (28), às 21h45 (de Brasília), em Itaquera. O Corinthians, por sua vez, precisará vencer por pelo menos dois gols de diferença. Triunfo simples leva a disputa para os pênaltis.

Próximo artigo:
Love, Arana, Luan, Romero, Ramires... Duílio comenta negociações do Corinthians
Próximo artigo:
RB Brasil 1 x 1 Palmeiras: Borja abre o placar, mas Verdão cede empate ao RB Brasil em estreia de 2019
Próximo artigo:
Rhodolfo celebra gol, vitória e volta por cima no Flamengo: “Nunca deixei de trabalhar”
Próximo artigo:
Luan diz que balançou com proposta do Corinthians para deixar o Galo e deixa futuro em aberto
Próximo artigo:
Barcelona 3 x 1 Leganés: Messi sai do banco para garantir vitória do Barça no Camp Nou
Fechar