Buffon no Fluminense? "É um jogador interessante, mas hoje não temos nada"

Comentários()
(C)Getty Images
Celso Barros, vice-presidente de futebol do Fluminense, vê o goleiro italiano como um bom nome para a equipe, mas nega que haja conversas pelo jogador

Gianluigi Buffon no Fluminense? A imprensa europeira aponta o clube do Rio de Janeiro como um dos prováveis destinos do goleiro de 41 anos. O jornal A Bola, de Portugal, chegou a dizer que o atleta está dividido entre o Porto e o Tricolor das Laranjeiras em publicação na tarde desta terça-feira (25).

Quer ver jogos do Fluminense na Copa Sul-Americana ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

A diretoria do clube carioca, no entanto, não vê desta forma. A Goal Brasil consultou o vice-presidente de futebol eleito no pleito do início de junho, Celso Barros, para saber sobre o interesse do Flu.

“Tínhamos o interesse lá atrás, mas hoje é algo que não conversamos. Não há nada neste sentido. Isso pode mudar, não é definitivo, mas hoje não temos nada. Claro que é um jogador interessante”, disse o dirigente em rápido contato telefônico.

Mais artigos abaixo

De fato, há algum tempo, o Flu chegou a admitir interesse na contratação do jogador. Mário Bittencourt, novo mandatário do clube, disse em entrevista anterior ao pleito que era seu desejo contar com o atleta que deixou o Paris Saint-Germain na janela de transferências.

Quando anunciou a saída do Parc des Princes, Buffon explicou por que não permaneceria na equipe comandada por Thomas Tuchel: “O PSG ofereceu uma renovação de contrato que eu não aceitei, impulsionado pelo desejo de me preparar para novas experiências humanas e novos desafios profissionais”.

Para contar com o jogador em definitivo, o Fluminense teria que contar com parceiros para arcar com os seus vencimentos. O teto salarial do clube, hoje, é de R$ 150 mil por mês.

Fechar