Valverde é aconselhado a não irritar o "leão" Messi no Barcelona: "pode te arrancar a cabeça"

Comentários()
Getty
Diretor de futebol do Sevilla, Joaquín Caparrós acredita que técnico do Barça pode estar agindo mal no trato de sua principal estrela

Com muitas respostas a dar sobre o rendimento abaixo do esperado do Barcelona neste início de temporada, o técnico Ernesto Valverde teve de explicar também o aproveitamento de Lionel Messi, seu principal astro. Destaque da equipe, o atacante supreendeu ao começar no banco em duelo recente contra o Athletic de Bilbao, precisando ser lançado na partida para 'salvar' o Barça de um revés em pleno Camp Nou, algo que levou a muitos questionamentos sobre os métodos do comandante.

O momento provoca até opiniões dos rivais, como foi, agora, o caso do Sevilla: diretor do futebol do clube andaluz, Joaquín Caparrós fez um 'alerta' a Valverde sobre a hipótese de tirar o camisa 10 do sério na Catalunha.

“Messi não pode ficar zangado”, disse o dirigente em entrevista à Rádio Marca. “Ele é como um leão. Um leão pode ser acariciado, você pode colocar a mão na sua boca, e ele não vai morder. Mas se você tocar nas suas garras, ele pode arrancar sua cabeça”.

Messi Valverde
(Foto: Getty)

Os Nervionenses, por outro lado, tem muito a agradecer à escolha do técnico do Barça: o Sevilla lidera La Liga com ao final de oito rodadas com 16 pontos conquistados, um a mais que os catalães. Falar em título ainda não passa pela cabeça de Caparrós, apesar da largada promissora na Espanha.

“Nosso objetivo é estar na Champions League com os jogadores que temos, são como crianças famintas”, disse ele. “Temos que estar entre os quatro primeiros, mas nunca desistiremos de nada”.

Fechar