Arthur se despede do Grêmio: "Não é um adeus, é um até logo"

Comentários()
Jogador agora vestirá a camisa do Barcelona e disse estar "realizando um sonho"

Depois de muita especulação a respeito de quando iria vestir a camisa do Barcelona, Arthur finalmente se despediu do Grêmio. O volante deu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (6), deixou claro seu carinho pelo clube gaúcho e disse que é apenas um "até logo".

"Só tenho a agradecer ao Grêmio, que me acolheu aos 14 anos e foi responsável por tudo que eu alcancei até hoje. Não é um 'Adeus', é apenas um 'Até Logo'. Minha história com o Grêmio não termina aqui", disse Arthur.

"São sete anos, fico feliz de sair pela porta da frente, fico orgulhoso e feliz pela forma que tudo ocorreu, sem nada no escuro, tudo transparente. As portas estarão sempre abertas, tenho certeza", completou.

Arthur Gremio Avenida 28032018 Gaucho
(Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação)

Arthur revelou que não participou das negociações e aguardou pelo acordo entre Grêmio e Barça. "Sobre a ida, não opinei em nada, só deixei acontecer, como na negociação inteira. Barcelona me pediu para chegar neste verão. Conversaram com o Grêmio, entraram em acordo. Fiquei de fora".

O volante falou sobre a expectativa de vestir a camisa do clube espanhol, porém não sabe quando embarca para Barcelona. "A princípio, viajo no fim de semana, mas não batemos o martelo ainda. Como eu disse, fiquei fora das negociações, não fiquei sabendo a fundo do que está acontecendo. Mas muito feliz em estar podendo vestir a camisa de um grande clube, talvez um dos mairoes do mundo, que eu sempre sonhei em jogar. Acho que são as melhores expectativas possíveis, por tudo o que me falaram de Barcelona, do clube, da cidade. Acho que todas expectativas melhores", finalizou.

 Com a camisa do Tricolor Gaúcho, Arthur fez 70 jogos e marcou seis gols. Ele ainda conquistou a Copa do Brasil de 2016, a Libertadores de 2017, a Recopa e o Gauchão de 2018 e foi eleito o melhor jogador da decisão da competição continental.

Próximo artigo:
Brasileirão: maiores campeões, artilheiros e números históricos!
Próximo artigo:
Último Superclássico sem Messi ou CR7 foi há 11 anos. Você lembra como foi?
Próximo artigo:
Wenger não voltará a ser técnico na Inglaterra, afirma jornal
Próximo artigo:
Marquinhos: "boa sorte a Real Madrid e Barcelona se quiserem levar o Neymar"
Próximo artigo:
Jornal: De olho no Real Madrid, advogados de Conte se reúnem com Chelsea
Fechar