Alonso se recusa a fazer acordo em caso de fraude fiscal e promete limpar seu nome

Comentários()
Getty Images
Jogador que se aposentou no final da temporada 2016-17, responde por acusações de fraude fiscal; mesmo caso de Cristiano Ronaldo

Xabi Alonso insistiu que irá lutar até o fim para limpar seu nome após acusações de fraude fiscal por promotores espanhóis. Ex- meio-campista do Real Madrid e Bayern de Munique, o jogador teria cometido três infrações fiscais entre 2010 e 2012, enquanto atuou em La Liga, junto aos blancos.

Nesta terça-feira (22), Alonso compareceu em um tribunal na cidade de Madri, onde recebeu a informação sobre adiamento do caso. Em entrevista aos repórteres, o jogador destacou: " Eu tenho que esperar pela avaliação deles, e respeitar e continuar confiando no que a justiça vai decidir".

Mais artigos abaixo

"Agora, temos que esperar. Ainda estou confiante. O tribunal anterior me absolveu e aqui estou, continuando a defender minha inocência e confiança na justiça”, disse.

Xabi Alonso
(Foto: Getty Images)

Alonso compareceu ao tribunal no mesmo dia em que o ex-companheiro de Real Madrid, Cristiano Ronaldo foi condenado a pagar 18,8 milhões de euros (cerca de R$80 milhões) por acusações de fraude fiscal.

Questionado se poderia fazer um acordo semelhante com os promotores ao de CR7, Alonso respondeu: "Não, porque eu tenho a convicção e confiança de ter feito tudo certo, colaborando desde o início sem esconder nada. Eu ficaria preocupado se tivesse algo a esconder ou não tivesse feito algo certo. Eles estão estudando e avaliando meu caso e temos que esperar". Vale ressaltar que o craque português reconheceu a culpa de quatro crimes de fraudes.

Fechar