BROUGHT TO YOU BY
Brahim Real MadridGetty

Sombra de Jude Bellingham ou parceiro? Brahim Diaz vai merecendo seu espaço no Real Madrid

Quando o Bellingham não joga, o Real Madrid deveria entrar em colapso. Afinal, uma lesão do meio-campista inglês significa que Los Blancos terão que encontrar soluções sem seu artilheiro, melhor fornecedor de assistências e maior ameaça de ataque. Esta equipe não gira inteiramente em torno de Bellingham, mas chega bem perto.

É preocupante, portanto, que a ex-estrela do Borussia Dortmund deva ficar afastada por pelo menos mais duas semanas depois de torcer o tornozelo contra o Girona. Entretanto, o Madrid tem como reserva um jogador que, há menos de seis meses, não parecia ter futuro no clube.

Mais artigos abaixo

E depois de passar três anos longe, emprestado ao Milan, o meia-atacante finalmente vingou no Santiago Bernabéu - servindo como reserva ideal para um dos melhores jogadores do mundo. O Real Madrid disputou seis jogos sem o Bellingham e Brahim foi titular em todos os seis, marcando quatro gols e dando assistências. Além disso, os homens de Carlo Ancelotti venceram essas partidas.

Sendo assim, o Real fica com uma segunda opção perfeita, um jogador bom demais para ser reserva, mas não tão vital a ponto de estar entre os onze iniciais todas as semanas.

  • Quer saber, pelo WhatsApp, quem seu time está contratando? Siga aqui o canal da GOAL sobre mercado da bola!