Tite critica calendário brasileiro após desfalcar Flamengo, Palmeiras e Grêmio

Comentários()
Seleção principal desfalca seis clubes nas próximas duas rodadas do Brasileirão; o treinador disse que "convoca com pesar"

Tite não escondeu sua insatisfação com o calendário do futebol brasileiro após as diversas críticas que recebeu pela convocação para os amistoso contra Senegal e Nigéria. O treinador da seleção brasileira afirmou que faz as convocações “com pesar”:

“Quando a seleção joga não tinha que ter jogo de time. Continuo convicto. Isso para mim não vai mudar ao longo do tempo. Eu faço as convocações e faço com bastante pesar. Porque eu não queria. Continuo com a mesma opinião. Eu sei que o Manoel Flores (diretor de competições da CBF) está tentando ajustar”.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste o serviço por um mês grátis!

O treinador foi muito criticado por desfalcar Flamengo, Grêmio e Palmeiras em momentos cruciais da temporada, com a disputa do Brasileirão que não para nesta data Fifa e às vésperas do jogo de volta da semifinal da Libertadores. Para minimizar as perdas, o Flamengo fará um esquema especial com Gabigol e Rodrigo Caio: os convocados farão um trajeto saindo de Singapura, passando por Amsterdã até chegarem em Fortaleza, a tempo de enfrentarem o time de Rogério Ceni.

Ao todo, contando a seleção principal, sub-23 e sub-17, 11 times serão afetados nas rodadas 24 e 25 do Brasileirão, isso sem levar em consideração as convocações de seleções estrangeiras.

Aproveitando a deixa sobre a cultura do futebol brasileiro, Tite falou sobre a questão da demissão dos treinadores no Brasil: “A situação do Brasil tem algumas diferenças na Europa, mas o nível de pressão também é alto. Eu não concebo e, agora vou falar sem filtro, o que acontece aqui. Me parece que no Brasileirão não ganhar um jogo é crime. É crime o técnico participar e não ganhar. E aí te proporciona invasão de treino a toda hora. Isso é vergonha, eu me sinto envergonhado”.

O Brasil de Tite entra em campo nesta quinta-feira, dia 10 de outubro, às 09h (horário de Brasília), para enfrentar Senegal, de Sadio Mané. Os titulares da seleção brasileira devem ser: Ederson; Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Alex sandro; Casemiro, Arthur e Coutinho; Jesus, Firmino e Neymar.

Fechar