Quais jogadores do Flamengo deram positivo em teste de covid-19?

Comentários()
O time tem alto número de casos entre atletas e outro profissionais envolvidos nos jogos

Desde que viajou para o Equador para dois jogos pela Copa Libertadores, o Flamengo vem enfrentando um surto de Covid-19 no grupo. Ao todo já são 19 casos positivos para coronavírus entre os jogadores - sem contar a comissão técnica, que inclui o técnico Domenèc Torren, e a diretoria, como o presidente Rodolfo Landim e o vice-presidente de futebol Marcos Braz.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Na segunda-feira (21), por meio das redes sociais, o clube amenizou a situação dos primeiros atletas cujos exames deram positivo, afirmando que todos estavam assintomáticos e assistidos pelo departamento médico. O Flamengo não publicou os nomes dos jogadores com coronavírus de forma oficial na oportunidade.

Confira a situação dos atletas do Flamengo com Covid-19


Quais jogadores do Flamengo estão com coronavírus?


Diego Flamengo Boavista Carioca Taã Guanabara 22 02 2020 (Foto: Alexandre Vidal & Paula Reis / Flamengo)

Os jogadores que testaram positivo para Covid-19 foram: Diego Ribas, Bruno Henrique, Filipe Luís, Michael, Vitinho, Isla, Rodrigo Caio, Renê, Léo Pereira, Thuler, Gustavo Henrique, Arão, Gabriel Baptista, Matheusinho, João Gomes, Everton Ribeiro, Noga, Pepe e Muniz.

Destes, apenas Diego se manifestou publicamente confirmando o diagnóstico. Na oportunidade, o Flamengo havia informado pouco antes que todos estavam assintomáticos.

"Eu testei positivo para o coronavírus", disse o camisa 10 rubro-negro em um vídeo no YouTube. "Estou bem na medida do possível. Um pouco de dor de garganta e dor no corpo, mas nada além disso".

Além dos jogadores, Márcio Tannure, médico do clube, e o ex-jogador Juan, que faz parte da comissão técnica do time, foram diagnosticados com a Covid-19 na sequência. O Flamengo confirmou estes dois casos na manhã de terça-feira (22) por meio das redes sociais. Assim como os atletas, ambos foram isolados do restante do grupo e não acompanharam de perto o duelo contra o Barcelona, em Guayaquil, pela Libertadores.

O treinador Domenèc Torrent, o vice-presidente de futebol Marcos Braz e o presidente Rodolfo Landim também tiveram resultado positivo em seus testes. Na ausência do catalão, Jordi Guerrero é quem vai comandar a equipe no jogo do Brasileirão contra o Palmeiras, confirmado pela CBF após o Rubro-Negro pedir adiamento.

Na sexta-feira (25), o Flamengo conheceu mais três casos positivos em seu elenco: Noga, Pepe e Muniz. Muniz, inclusive, foi um dos garotos chamados às pressas para o Equador para completar o elenco que enfrentou o Barcelona de Guayaquil. Pepe, por sua vez, já fazia parte do elenco profissional, enquanto Noga é das categorias de base.


Quais jogadores do Flamengo foram desfalques para o duelo contra o Barcelona-EQU?


Até a partida contra o Barcelona-EQU, vencida pelo Flamengo por 2 a 1, sete jogadores haviam testado positivo para a Covid-19 não puderam atuar na terça-feira.

Além deles, estiveram fora por lesões: Diego Alves (lesão no ombro), Gabigol (lesão na coxa) e Pedro Rocha (também com lesão na coxa). Gustavo Henrique, expulso na última partida, também não joga contra o Barcelona-EQU. Ao todo, serão nove ausências para o duelo da quarta rodada da Libertadores.

No novo regulamento da Conmebol para as competições, não há previsão de cancelamento ou adiamento de partidas motivadas pela pandemia. Pelo protocolo da entidade, se um time tiver muitos jogadores casos confirmados de coronavírus e não tiver pelo menos sete jogadores para colocar em campo, será declarado o W.O.

Diante de tantos desfalques, o Flamengo convocou quatro ateltas da base às pressas para a partida. Natan (zagueiro, 19 anos), João Lucas (lateral-direito, 22 anos), Guilherme Bala (atacante 19 anos) e Rodrigo Muniz (19 anos) viajam em um vôo fretado para Guayaquil. O mesmo avião que levou os jovens jogadores para o Equador foi utilizado pelo clube para trazer ao Brasil os jogadores infectados com o coronavírus, para que não houvesse contato de tais atletas com o restante do elenco.


Jogadores do Flamengo com Covid-19 serão desfalque por quanto tempo? Vão jogar contra o Palmeiras?


Não há um prazo estabelecido para que os jogadores que testaram positivo para o coronavírus retornarem ao time. Depois que os diagnosticados com Covid-19 não entraram em campo contra o Barcelona-EQU, também devem seguir de fora no domingo, dia 27, o Rubro-negro visita o Palmeiras pelo Brasileirão.

Já para o duelo contra o Independiente del Valle, na quarta-feira, 30 de setembro, no Maracanã, fica a dúvida quanto a participação dos onze atletas que testaram positivo. O Boca Juniors conseguiu a liberação de alguns atletas que tiveram Covid-19 para o jogo contra o Libertad, no dia 17, alegando que os testes positivos aconteceram 11 dias antes do duelo contra o paraguaios.

O dia do jogo contra o Del Valle marcará exatos dez dias do teste positivo dos primeiros casos de jogadores do Flamengo.

Mais artigos abaixo

Quais jogadores do Flamengo já tiveram coronavírus?


Diego Alves Flamengo 2019 (Foto: Alexandre VIdal/CR Flamengo)

Ao longo de toda a pandemia, o Flamengo já teve diversos casos de jogadores com coronavírus. Os goleiros Diego Alves e César tiveram a Covid-19 recentemente. O lateral João Lucas também testou positivo, ainda na disputa do Campeonato Carioca.

Vale relembrar que, ainda em maio, o massagista Jorginho, que estava no Flamengo havia mais de 40 anos, morreu após ter complicações respiratórias causadas pela Covid-19.

Fechar