Por que Mauro Cezar Pereira saiu da ESPN Brasil?

Um dos principais comentaristas da emissora confirmou a saída neste sábado, 2 de janeiro, por meio de suas redes sociais

Mauro Cezar Pereira não é mais comentarista dos canais ESPN. O jornalista de 57 anos confirmou sua saída da emissora neste sábado, 2 de janeiro, em uma publicação no Instagram. Uma das justificativas para tomar esta decisão foi a fusão a ESPN e Fox Sports, ambas da Disney.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

"A ESPN não é mais o mesmo lugar", escreveu Mauro Cezar. "Mudou, deixou de ser meu habitat. Melancólico admitir, mas como disfarçar? Direito dela, claro. Recentemente, lá de fora, veio outra alteração que modifica a relação com funcionários. A inflexível proposta do grupo para renovar contrato trazia em anexo um 'cadeado' onde se lia 'exclusividade'! E sem grandes contrapartidas. Em 2021? Nessa altura da vida, com quase 38 anos de carreira? Abrir mão de tudo? Seria frustrante, além de um retrocesso profissional".

Um dos principais comentaristas da ESPN, trabalhou para a empresa por 16 anos e participou dos principais programas da emissora como "Sportscenter", "Linha de Passe", "Futebol no Mundo", "Bola da Vez" e outros. Mauro Cezar esteve na cobertura de diversos eventos como Copas do Mundo, Ligas dos Campeões e Olimpíadas.

"Uma história que começou quando Paulo Cesar Vasconcellos, companheiro de Jornal do Brasil na década 1990, sugeriu meu nome ao grande José Trajano, em outubro de 2004. Sempre serei grato. Como aos colegas que me toleraram por tanto tempo", publicou.

Mais artigos abaixo

O jornalista ainda não tem um acordo com nenhuma emissora, seja de TV aberta ou fechada, mas segue trabalhando nos próprios projetos, como o canal no YouTube, o blog pessoal e os podcasts que participa. Mauro Cezar também segue como colunista no Estadão.

Recentemente, outros profissionais deixaram o Grupo Disney. O ex-jogador Edmundo, o jornalista Leandro Quesada e o apresentador Benjamin Back estão em um grande grupo que foi demitido pela empresa americana - todos trabalhavam nos canais Fox Sports antes da fusão. A narradora Renata Silveira também deixou o grupo, acertando com a Globo para ser a primeira narradora da emissora.

Fechar