Pékerman: "Estou muito preocupado com a lesão de James"

Comentários()
Getty
Técnico comentou ainda a vitória sobre Senegal e destacou a força mental da equipe após perder o camisa 10

banner Copa 2018

A Colômbia cumpriu o seu primeiro objetivo na Copa do Mundo: passar de fase. A seleção fez uma campanha de recuperação no grupo H, já que iniciou com derrota para o Japão (2 a 1) e depois engatou um triunfo sobre a Polônia (3 a 0), e garantiu a sua vaga com uma vitória contra Senegal (1 a 0), nesta quinta-feira. No entanto, o ponto negativo na partida ficou por conta da lesão preocupante de James Rodríguez.

Em entrevista coletiva após o jogo, o técnico José Pékerman não escondeu a preocupação com a situação de seu camisa 10. "Estou muito preocupado. É muito duro para a equipe esta situação. Não queria falar sobre isso, pois não queria começar a coletiva lamentando uma situação crítica. Mas estou muito preocupado. Ele treinou normalmente até ontem (quarta). Treinos faltas e pênaltis. Estava em condições ideais em todos os treinamentos. Não tínhamos nenhum indício. Não sei o que vai ser", desabafou.

Quintero Colombia Senegal WC Russia 28062018
(Foto: Getty Images)

Pékerman analisou a vitória colombiana e adimitiu que sofreu riscos. "Na bola parada, trabalhamos muito bem. Temos bons batedores e bons cabeceadores. Temos treino para todos os movimentos, e isto se refere também ao lance do gol. Mas também tivemos momentos preocupantes, principalmente no primeiro tempo, com grande atuação de Senegal. Foi positivo ter segurado quatro atacantes. A partida estava difícil porque não conseguimos segurar a bola no meio de campo. Senegal fez um bom Mundial, isso mostra o que está acontecendo neste Mundial. Todos os grupos são muito equilibrados".

Para o treinador, a seleção colombiana mostrou força psicológica após perder James, aos 30 minutos do primeiro tempo. "Quando você se prepara para um jogo, o ânimo e a mentalidade está toda voltada para um lado. Estes incidente nos levam a um momento difícil. Evidentemente, no fim do jogo contra a Polônia, James sentiu cansaço, e o fato de ele não ter jogado na estreia, custou um pouco. Só não suspeitávamos que ele iria se machucar. Sem o James, eles jogaram mais fácil no meio. Mas seguimos. Que a gente possa valorizar o que está sendo feito na equipe, o jeito que ela corresponde. Entramos novamente com muita confiança", finalizou.

A Colômbia aguarda pela definição do primeiro colocado do grupo G (Inglaterra ou Bélgica) para conhecer seu adversário nas oitavas de final.

Fechar