Notícias Placares ao vivo
Ligue 1

Malcom, Aouar, Mbappe e as promissoras estrelas da Ligue 1

11:57 BRT 23/05/2018
Ronny Rodelin Jeremy Gelin Caen Rennes Ligue 1 17022018
Outra campanha emocionante na primeira divisão da França que revelou jovens ainda mais talentosos - e aqui estão os melhores

Outra temporada da Ligue 1 chegou ao fim, com o Paris Saint-Germain completando uma série de honras domésticas.

Foi, no entanto, um ano em que outros jovens promissores se estabeleceram como figuras a serem observadas. A primeira divisão da França tem um jeito único de produzir um fluxo constante de qualidade através das categorias de base de seus respectivos clubes, e isso foi novamente o caso quando um grupo de jovens se superou.

Aqui está a excelente Selelção, escolhida puramente de jogadores de 21 anos ou menos no começo da temporada:


GOLEIRO: ALBAN LAFONT


Alban Lafont pode ter apenas 19 anos, mas já tem uma experiência de primeira classe numa posição geralmente reservada aos jogadores mais velhos. Ele apareceu em todos os minutos de ação da Ligue 1 pelo Toulouse nesta temporada e agora soma 98 jogos pelo campeonato.

Ele é um goleiro afiado e ágil, continua a ser o alvo de alguns dos maiores clubes da Europa.


LATERAL DIREITO: NORDI MUKIELE


O Montpellier teve a defesa mais forte da Ligue 1 nesta temporada, com exceção do PSG, e Nordi Mukiele foi uma peça importante na campanha.

O jogador de 20 anos mostrou versatilidade, capaz de jogar no centro ou pela direita, e parece cada centímetro capaz de se tornar um dos melhores em sua posição na França.


ZAGA CENTRAL: JORIS GNAGNON


O talento de Joris Gnagnon há muito tempo é notado em Rennes, onde ele participou de 27 jogos na temporada passada.

Ele confirmou o seu potencial como um dos zagueiros centrais mais promissores da liga, mostrando ritmo e força ao se consolidar como o eixo central da linha defensiva de seu time.


ZAGA CENTRAL: JEREMY GELIN



Jeremy Gelin foi trazido para o Rennes por Sabri Lamouchi quando ele estava bem nas rédeas no seu antigo clube e foi tão bem sucedido em sua posição no coração da retaguarda que não permitiu que Mexer voltasse ao time.

O jogador de 21 anos desempenhou um papel importante em elevar os "Bretons" de volta à disputa europeia com um impressionante rali de final de temporada.


LATERAL ESQUERDO: VALENTIN ROSIER



O Dijon pode ter sido um dos times defensivos mais fracos da Ligue 1, mas não foi pelos esforços do versátil lateral Valentin Rosier. De um aspecto defensivo, o jogador de 21 anos é um jogador que lê o jogo de forma muito eficaz e tem o hábito de extinguir o perigo antes de se desenvolver completamente.

No outro extremo do campo, no entanto, ele é capaz com a bola a seus pés e é um driblador forte. Um jogador  para o futuro.


VOLANTE: TANGUY NDOMBELE



Tanguy Ndombele foi uma das revelações da temporada do Lyon, onde chegou emprestado pelo Amiens no início da campanha.

O meia-defensivo foi inicialmente contratado para ser reserva, mas logo forçou a entrada em campo regularmente com fortes atuações defensivas ao lado de Lucas Tousart. Ele é muito mais do que um simples destruidor, mostrando boa energia e talento.


MEIO CAMPO: GIOVANI LO CELSO



O Paris Saint-Germain é um lugar difícil para os jovens vencerem, mas o meia argentino Giovani Lo Celso tem conseguido fazer isso, aproveitando-se de contusões de seus companheiros de equipe, onde atuou 33 vezes na Ligue 1, incluindo 18 como titular.

Ele marcou quatro gols e criou mais três. Se ele puder desenvolver um pouco mais de compostura na frente do gol, ele será uma presença formidável.


MEIO CAMPO: RONY LOPES



Apesar do Mónaco ter fracassado na segunda metade da temporada, foi levado para a Champions League pelo jovem português Rony Lopes.

O jogador de 22 anos está se transformando em um substituto ideal para Bernardo Silva no time de Leonardo Jardim, tendo encontrado a rede 15 vezes nesta temporada. Ele tem cinco assistências em seu nome, e Mônaco espera que esse número aumente na próxima temporada.


MEIO CAMPO: HOUSSEM AOUAR



O Lyon está com uma linha de produção formidável de jovens talentos, o mais recente dos quais entrou no time titular é Houssem Aouar. O meia de 19 anos estava à margem da equipe no início da campanha, mas no final foi titular, tendo conseguido seis gols e criado mais cinco.

Seguindo o molde do companheiro de equipe Nabil Fekir, ele é tecnicamente forte, versátil e tem um bom faro de gol.


MEIA ESQUERDA: MALCOM



No decorrer do verão europeu, o Malcom se tornou um jogador cotado no mercado de transferência. O atacante do Bordeaux explodiu no início da temporada com uma série de gols espetaculares, incluindo uma arrancada contra o Dijon que venceu o prêmio Goal of the Season da Ligue 1.

Como o seu time lutou, e se tornou um jogador promissor cobiçado por muitos dos gigantes da Europa.


ATACANTE: KYLIAN MBAPPE



Kylian Mbappe confirmou-se como um dos melhores jogadores do mundo, com as suas atuações no Paris Saint-Germain.

O fardo de uma mudança gigantesca para o time de sua cidade, às vezes,fazia parecer que ele tirava vantagem das atuações do atacante de 19 anos, mas com 13 gols em 27 partidas pelo campeonato foi um grande esforço, particularmente quando é levado em consideração. tem quatro em oito na Champions League.