Filipe Luís: Jorge Jesus maior técnico na história do Flamengo, Torrent e mais

Comentários()
Lateral-esquerdo do Rubro-Negro foi entrevistado em Portugal e falou sobre o Mister Jorge Jesus e a calma do Flamengo para contratar o novo treinador

O Flamengo continua na saga para buscar um novo treinador para ocupar o lugar deixado por Jorge Jesus. Em meio a esse período, o lateral-esquerdo, Filipe Luis foi entrevistado pelo Canal 11, de Portugal, e comentou sobre muitos assuntos: desde a relação com Jorge Jesus, passando pelo processo de escolha do novo treinador do Flamengo e até pensando a respeito de ser o "tradutor" de Domenec Torrent.

Atualmente Torrent é o nome mais cotado para assumir o posto de treinador do Rubro-Negro. O espanhol trabalhou com Pep Guardiola no Bayern de Munique e no Manchester City e esteve na MLS há pouco tempo. 

Confira as principais falas de Filipe Luís ao canal português.

Assinatura
"Quando senti que acertei ao optar pelo Flamengo? Quando assinei. Fiz uma escolha com o coração. Não foi por dinheiro. Foi um projeto para ganhar títulos e fazer história. Não achava que fosse ser simples como foi, pensei que era mais sofrimento, mas graças a Deus correu bem".

Goal 50 Revelado: Os 50 Melhores Jogadores do Mundo

Despedida do Jorge Jesus
"Foi uma escolha muito pessoal, o Jorge é especial. A saída dele foi com festa, todo mundo chorando, churrasco, pagode. Ele tem uma maneira única de conquistar as pessoas. Ele é autêntico, honesto e leal. Ele vive de forma intensa o futebol. Tudo o que ele passava para o grupo era uma aula".

"Tentei aprender com ele. Tenho todos os treinos anotados. Aliás, se ele estiver assistindo, não adianta ficar bravo comigo. Saiu daqui e deixou as portas abertas. Ele optou pelo Benfica, que é a casa dele. Temos que entender essa situação. O futebol é momento. Não podemos chorar a saída dele, temos que superar. Deixou um legado".

Jorge Jesus, o maior da história do Flamengo
"Acho que sim, né? Não sei a comparação com os outros. Agora, se perguntar isso para ele, vai dizer que tinha em mãos o melhor Flamengo da história. Tivemos uma engrenagem perfeita entre treinador, comissão técnica, jogadores, dirigentes e torcedores. Tudo casou de uma maneira perfeita".

Mais artigos abaixo

Hegemonia do Flamengo
"O Bruno Henrique costuma dizer que o Flamengo está em outro patamar, mas tudo é muito rápido no futebol. Não podemos nunca dormir achando que somos invencíveis. É muito difícil manter uma hegemonia. Precisamos sempre de reforços e manter uma base para brigar por títulos. Não podemos ter altos e baixos".

Ser tradutor do Domenec Torrent?
"Ah, claro. Se precisar, com certeza. Sinceramente, não sei já houve assinatura. Se ele vier, vai ser muito bem recebido. Mais aprendizado para nós".

Busca pelo novo treinador europeu
"Estou orgulhoso com o Flamengo, com a forma como está buscando o novo treinador. Não houve pressa, estão analisando a filosofia de cada nome. Talvez se fosse anos atrás, com a pressão da torcida, poderia anunciar um novo treinador só por anunciar. Há calma, estuda o mercado. O Flamengo tem que atacar o tempo todo, a torcida pede isso. Não podemos ter um treinador de contra-ataque. O nosso estilo de jogo obriga ofensividade e bola no pé". 

Fechar