Notícias Placares ao vivo
Cruzeiro

Cruzeiro troca de técnico faltando três rodadas e segue 'cartilha' do rebaixamento

14:10 BRST 29/11/2019
Abel Braga desfocado Cruzeiro
As escolhas e as circunstâncias do Cruzeiro no Brasileirão de 2019 seguem exatamente a famosa "cartilha" do rebaixamento

Confusão nas tribunas, instabilidade na diretoria, derrotas para times em situação pior na tabela, desperdiçando pênaltis decisivos, constante troca de treinadores...o Cruzeiro vem seguindo de maneira perfeita a famosa "cartilha do rebaixamento".

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste o serviço por um mês grátis!

Com a troca de Abel Braga por Adilson Batista, faltando três rodadas para o final da competição, internautas compararam a situação do Cruzeiro deste ano com a de outros clubes grandes que acabaram indo jogar a segunda divisão: em 2016, o Internacional também demitiu seu treinador, quando tinham apenas três rodadas a jogar, substituindo Celso Roth por Lisca Doido. Naquele ano, o Colorado acabou rebaixado.

Não ficam só aí as comparações entre o Internacional de 2016 e o Cruzeiro de 2019. Gabriel Lemos, da Revista Colorada, montou uma thread no Twitter que mostra as semelhanças entre as temporadas dessas equipes. Confira:

Outros clubes também já tentaram usar esse mesmo artifício em outros momentos: em 2013, por exemplo, o Vasco apostou no mesmo Adilson Batista para substituir Dorival Júnior, no final da temporada, para tentar salvar o time do rebaixamento. Naquele caso, também não deu certo e o Cruzmaltino caiu. Depois da demissão, Dorival acertou com o Fluminense faltando cinco rodadas para o término da competição. O Fluzão teria caído, mas sobreviveu graças à famosa decisão do STJD que rebaixou a Portuguesa.

O Corinthians também é outra equipe que, quando caiu pela primeira vez, usou esse recurso: o Timão contratou Nelsinho Baptista próximo do fim da temporada para aproveitar seu passado vencedor no clube, tentando motivar o grupo. Também não deu certo e o Corinthians foi rebaixado.

Resta saber se o Cruzeiro terá o mesmo fim amargo dos demais ou se ele terá mais sorte. Isso, só o futuro dirá.