Arsenal coloca Bruno Guimarães no radar e avalia investida no meio-campista do Lyon

Última atualização
Lucas Figueiredo/CBF/Divulgação

Um dos destaques da seleção brasileira que disputa os Jogos Olímpicos de Tóquio, Bruno Guimarães vem sendo monitorado pelo Arsenal. Segundo apuração da Goal, o time inglês já fez algumas consultas ao Lyon e avalia a possibilidade de oficializar uma proposta pelo meio-campista. 

O interesse do Arsenal em Bruno é de longa data. O clube inglês chegou a tentar a contratação do jogador em janeiro de 2020, mas ele já estava acertado com o Lyon e manteve a palavra. Na ocasião, o time francês desembolsou cerca de 20 milhões de euros (quase R$ 93 milhões na cotação da época) para contar com o brasileiro. 

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Apesar do desejo de manter Bruno Guimarães, o Lyon precisa fazer caixa. A não classificação para a Champions League fez o clube deixar de ganhar quase 120 milhões de euros (cerca de R$ 720 milhões na cotação atual) entre direitos televisivos e prêmios de participação. Ainda, segundo apuração da Goal, o time francês só topa iniciar as conversas com propostas acima dos 35 milhões de euros. 

Diretor de futebol do Arsenal, Edu Gaspar acompanha de perto Bruno Guimarães desde os tempos de coordenador técnico da seleção brasileira. O fracasso nas tentativas por Manuel Locatelli, do Sassuolo, que recusou recentemente uma oferta dos Gunners, pode intensificar o interesse do clube inglês no meio-campista brasileiro. 

Bruno Guimarães volta a campo com a camisa da seleção brasileira neste sábado (31), pelas quartas de final dos Jogos Olímpicos. O Brasil, invicto na competição até aqui, encara o Egito para seguir com chances de pódio no futebol masculino.