Notícias Placares ao vivo
Corinthians

Andrés ataca arbitragem e Conmebol e garante permanência de Loss no Corinthians

02:04 BRT 30/08/2018
Andrés Sanchez - Corinthians - 17/04/2018
Presidente falou com a imprensa após a eliminação do Timão nas oitavas de final da Libertadores

Em passagem pela zona mista após a eliminação do Corinthians na Copa Libertadores da América, o presidente Andrés Sanchez voltou a bancar a permanência de Osmar Loss no comando da equipe para a sequência da temporada em que o clube ainda terá o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

“Nunca falei da saída dele. Parece o Tite em 2011. Se eu tirar ele (Loss), vocês vão reclamar, dizer que não dei tempo. Futebol tem de ganhar sempre. Ser vice não adianta. O trabalho dele é muito bom. Tivemos de antecipar etapas com jogadores que chegaram e a comissão técnica que saiu”, afirmou.

Apesar da eliminação, Andrés fez questão de valorizar a boa atuação do Corinthians na vitória por 2 a 1. O Timão acabou sendo eliminado por não ter marcado gols fora de casa.

“É lógico, Corinthians e Palmeiras é a maior rivalidade que tem no Brasil, mas infelizmente caímos no meio do caminho. Vamos ver o que acontece daqui para frente. Queríamos ganhar os três campeonatos, mas todo mundo sabe como é difícil”, ressaltou.


(Foto: Alexandre Schneider/Getty)

Por fim, Andrés detonou à Conmebol e a arbitragem da partida desta noite em Itaquera.

“Eu não vou falar, porque eu falei há sete ou oito anos o que devíamos fazer com a Conmebol e fui criticado. Melhor não falar nada, cada um que corra atrás do seu prejuízo”, afirmou.

"Eu estou tentando unir faz 10 anos. A gente não consegue unir pelo Brasileiro, Paulista, imagina na Conmebol. Tem que tocar para frente. O Santos errou, como é que coloca o cara para jogar? O cara do doping aqui hoje foi absurdo. Os jogadores estão revoltados, foi um grande jogo, mas infelizmente perdemos. O cara fala espanhol, vem aqui e os caras querem agarrar pelo pescoço, pelo braço. Jogar na Conmebol não é fácil”, finalizou.

document.write('');