Notícias Placares ao vivo
Brasil

Willian sobre duelo com a Rússia: "esperamos um jogo difícil"

12:02 BRT 21/03/2018
Willian Brasil x Chile
Meia ainda destacou que o principal objetivo da Seleção Brasileira é a Copa do Mundo

Na véspera do amistoso com a Rússia, o meia Willian conversou com a imprensa e falou que espera um duelo difícil com a anfitriã, na próxima sexta-feira (23), no estádio que será disputada a final da Copa do Mundo.

"Joguei seis meses na Rússia, conheço alguns jogadores dos tempos de Anzhi. São rápidos, um elenco jovem, mas esperamos um jogo difícil. Estamos nos preparando bem para esse jogo preparatório para a Copa, nosso objetivo é jogar bem para continuarmos o que vínhamos fazendo. Nosso objetivo principal é a Copa do Mundo.", disse.

Na sexta-feira (23), a Seleção Brasileira entra em campo para o amistoso contra a Rússia, no Estádio Luzhniki, à partir das 13h (de Brasília). O time do técnico Tite não irá contar com Neymar, que ainda se recupera da sua cirurgia no pé direito, e deve ser substituído por Willian e Coutinho, de acordo com o comandante.

Outros pontos da coletiva:


Foto: Pedro Martins / MoWa Press

Ausência de Neymar: "O Neymar é um jogador importante, sabemos da importância dele na Seleção, mas acho que o importante hoje é o coletivo muito forte. Isso aparecendo, as individualidades vão aparecer normalmente. Queríamos tê-lo conosco, mas temos grandes jogadores que podem fazer a diferença."

Possibilidade de nevar: "Se nevar pode ser complicado jogar, mas é para as duas equipes. Estamos nos adaptando bem para podermos fazer um grande jogo na sexta."

Jogador russo atuando no Brasil: "Eu não conheço tão bem os jogadores russos, é difícil falar se algum deles pode jogar na seleção brasileira. O Brasil tem muitos jogadores, revela a cada ano jogadores de qualidade. É uma pergunta difícil, vou pensar e na próxima vez eu respondo (risos)"

Sua condição física para a Copa: "Sem dúvida nenhuma vou procurar fazer meu melhor para chegar melhor do que em 2014, você amadurece e aprende muitas coisas. Tenho feito trabalhos específicos, mudado alimentação dentro da minha casa para poder chegar bem à Copa do Mundo. O objetivo é ajudar a seleção brasileira."



Foto: Pedro Martins / MoWa Press

Disputa com Coutinho: "A lealdade, honestidade, isso é importante. Em todo esse período eu e Coutinho sempre tivemos isso, nunca um fez cara feia para o outro, sempre nos demos muito bem, eu torci por ele quando ele era titular, e vice-versa. Importante é ser leal, o Tite sempre preza essa palavra. Esse jogo de sexta-feira vocês vão saber qual é a equipe, deixa o Tite falar."

"Entre Chelsea e Liverpool na época, éramos rivais, cada um defendia seu lado, mas na Seleção e até mesmo fora de campo temos uma amizade boa, bem legal, entre as famílias também. Isso é bacana, ainda melhor para nós na Seleção termos união fora de campo para que dentro as coisas possam fluir melhor."

Protagonista na Copa? "Acho que nosso objetivo, meu e de todos os jogadores, é quanto mais estarem em alto nível, jogando cada vez melhor, será bom para nós e a seleção brasileira. O objetivo não é ser protagonista, e sim levantar a taça de campeão do mundo. O protagonismo tem de ser de toda a equipe, esse é nosso objetivo. O que quero é ser campeão do mundo."

Preparação para a Copa 2014 x 2018: "Cada profissional tem sua maneira de trabalho, prefiro não voltar no tempo e falar sobre a Copa de 2014. É claro que essa questão da família estar perto tivemos pouco isso em 2014, e nessa agora a comissão técnica está vendo a melhor maneira de podermos ter mais contato com os familiares. Será importante tê-los perto da gente. E é importante ter treinos fechados às vezes, trabalhar mais concentrados, sempre visando fazer nosso melhor."