Notícias Placares ao vivo
Mercado da bola

Quem são os candidatos a substituir Valverde no Barcelona?

16:06 BRST 13/01/2020
Xavi, Pochettino, Valverde, Gallardo y Koeman
Desde Xavi, passando por treinadores de seleções e até mesmo Jorge Jesus, confira quem poderia assumir o comando do Barça caso Valverde seja demitido

Ernesto Valverde está por um fio no Barcelona. O treinador basco está em sua terceira temporada no Camp Nou, e embora tenha conquistado duas vezes La Liga, além de uma Copa do Rei, o estilo de jogo mais pragmático aliado a derrotas pesadas em momentos decisivos vieram minando a sua permanência na Catalunha.

Acompanhe o melhor do futebol ao vivo ou quando quiser: assine o DAZN e ganhe um mês grátis para experimentar

É possível que Valverde seja demitido nesta segunda-feira (13), após reunião da cúpula barcelonista. Mas se o futuro do treinador está em xeque, é bom o Barcelona já pensar também em quem pode ser o substituto. E não faltam candidatos ao cargo.

Segundo apurado pela Goal , Quique Setién é a primeira opção do Barcelona . Garcia Pimienta seria o plano B.

Confira alguns nomes que chegaram a entrar no radar barcelonista em algum momento.

Xavi

(Foto: Getty Images)

O futuro de Valverde entrou em seu momento mais crítico após derrota de virada para o Atlético de Madrid, na Supercopa da Espanha. Pouco depois, surgiu a notícia de que o ex-meio-campista Xavi Hernández , um dos maiores ídolos da história do Barça e que atualmente treina o Al-Sadd, do Qatar, havia sido sondado pela diretoria.

Apesar de não esconder o sonho de um dia treinar o único clube que defendeu na Europa, Xavi disse que não assumiria o Barcelona neste momento. Começar a próxima temporada seria a vontade do ídolo catalão.

Ronald Koeman

(Foto: Getty Images)

Outro que, como jogador, está no mais alto patamar de idolatria do Barça e que sempre aparece na lista de candidatos ao cargo é o holandês Ronald Koeman. Autor do gol do primeiro título de Champions League do clube, em 1992, o atual técnico da Holanda inclusive tem uma cláusula contratual que o libera de sua função caso apareça uma oferta do Barça.

Entretanto, segundo noticiado pela Catalunya Radio, o holandês também não aceitaria o cargo neste momento. Vale destacar que 2020 é ano de Eurocopa, o que também explica uma vontade de retornar ao Camp Nou apenas na próxima temporada.

Mauricio Pochettino

(Foto: Getty Images)

O ex-treinador do Tottenham teria sido outro a ser sondado pelo Barcelona. A favor, o modelo de futebol que costuma adotar em seus times; contra, o longo histórico como ídolo do Espanyol, rival catalão do Barça. Pochettino, inclusive, já disse no passado que antes de trabalhar no Barcelona “voltaria a trabalhar na minha fazenda, na Argentina”.

Roberto Martínez

(Foto: Getty Images)

O espanhol é outro que interessa ao Barcelona, mas assim como Koeman não deseja abandonar o seu cargo na seleção (no caso dele, a da Bélgica) antes da Eurocopa.

Marcelo Gallardo

(Foto: Getty Images)

O argentino já vinha sendo especulado nos últimos meses . E o histórico vitorioso no River Plate volta a lhe colocar como opção.

Quique Setién

(Foto: Getty Images)

O ex-treinador do Bétis, equipe que sobre o seu comando esbanjou um futebol de bom passe, é outro nome constante na lista de especulação. Ainda que não tenha sido procurado pelo Barcelona, chegaria sem nenhum tipo de problemas – afinal de contas está sem clube no momento.

Garcia Pimienta

(Foto: Getty Images)

Trabalha na base do Barcelona e, segundo apurado pela Goal, é o Plano B caso Quique Setién não acerte. Seria uma solução de emergência até o término da atual temporada.

Gabi Milito

(Foto: Getty Images)

Ex-jogador do Barcelona, o ex-defensor também é um dos que sonham em um dia retornar para o Camp Nou para poderem comandar a área técnica. No entanto, atualmente trabalha no Estudiantes de La Plata.

Massimiliano Allegri

(Foto: Getty Images)

Italiano com experiência comprovada e títulos nacionais enfileirados pela Juventus, Allegri está sem clube e inclusive foi oferecido ao Barcelona .

Jorge Jesus

(Foto: Getty Images)

O treinador do Flamengo nunca escondeu a admiração que sente pelo Barcelona, onde inclusive fez estágio no início de sua carreira, quando os catalães estavam sob o comando do mítico Johan Cruyff . Embora sequer seja lembrado nos rumores da imprensa estrangeira, o Barça certamente seria um dos únicos cinco times europeus que fariam o luso deixar o Flamengo.