Para equilibrar as contas, Barcelona ainda quer vender Philippe Coutinho

Comentários()
De olho em Neymar e Lautaro Martínez, clube catalão mantém brasileiro no mercado mesmo após elogios do técnico Quique Setién

O Barcelona ainda está interessado em vender Philippe Coutinho para arrecadar o suficiente para equilibrar as contas e ter condições de ir atrás dos dois maiores alvos do clube na próxima janela: Neymar e Lautaro Martínez.

O meia brasileiro atualmente defende o Bayern de Munique por empréstimo, mas os alemães não vão exercer a opção de compra de 80 milhões de euros (aproximadamente R$ 455 milhões na cotação de hoje) para ficar com ele em definitivo.

Desta maneira, Coutinho retornaria ao Barça ao término da atual temporada, mas sua permanência no Camp Nou ainda é incerta mesmo depois de o técnico Quique Setién ter declarado que gostaria de contar com o jogador de 27 anos.

A Goal apurou que os tomadores de decisão dos bastidores do clube catalão ficaram indiferentes à opinião do treinador e vão manter o brasileiro disponível no mercado de transferências.

O motivo é que o Barcelona está em busca de um adicional de até 40 milhões de euros para alcançar sua meta de arrecadação em vendas e negociações de jogadores (125 milhões de euros). 

Até o momento, o clube faturou 40 milhões de euros com a venda de Malcom ao Zenit, mais 2 milhões pela ida de Sergi Palencia ao Saint-Etienne e outros 8 milhões pela transferência de Alejandro Marques à Juventus Sub-23.

Além disso, a diretoria garantiu a cifra de 8,5 milhões de euros pelo próprio empréstimo de Coutinho ao Bayern, mais 1,5 milhão pela negociação de Jean-Clair Todibo (que foi para o Schalke) e outros 6 milhões por Marc Cucurella, a quem o Getafe vai comprar em definitivo ao fim da temporada.

A lista continua com Carlos Perez (que deve ser comprado pela Roma por 11 milhões de euros no meio do ano) e Abel Ruiz (a quem o Braga também deve comprar ao término do empréstimo, por 8 milhões). 

Estes 85 milhões de euros ainda podem virar 95 milhões se o Nice exercer o direito de compra de 10 milhões de euros por Moussa Wague. Ainda assim, faltariam 30 milhões para a meta.

É aí que entra Coutinho. O Barcelona vê como cenário ideal negociá-lo com um clube da Premier League pelas condições financeiras dos ingleses. Além disso, o próprio agente do atleta, Kia Joorabchian, declarou recentemente que o meia adoraria retornar ao país.

Mais artigos abaixo

O brasileiro, não custa lembrar, brilhou pelo Liverpool até a equipe catalã comprá-lo por 160 milhões de euros em 2018. Nos últimos dias, o Chelsea apareceu como forte candidato a fazer uma oferta pelo jogador - Manchester United e Leicester também estariam de olho nele.

O Barcelona, por outro lado, tem outras prioridades. Conforme a Goal apurou, Neymar (PSG) e Lautaro Martínez (Inter de Milão) estão no topo da lista de desejos da diretoria, que sabe que teria que pagar bem alto pelos atacantes e poderia ganhar uma boa dose de força (e de milhões de euros) caso achasse um comprador para Coutinho. 

Fechar