Notícias Placares ao vivo
Barcelona

Messi “para sempre no Barcelona” é certeza de Bartomeu, que não perdoa Arthur

20:05 BRT 05/08/2020
2020-0606-laliga-barcelona-messi
O presidente garantiu que o argentino se aposenta no clube, bancou Setién e esbravejou com o brasileiro, já negociado com a Juventus

Diversas especulações acerca do futuro de Lionel Messi, até mesmo sobre a possibilidade de ele não estar ligado ao Barcelona , têm surgido. Crises pessoais com o treinador e insatisfações parecem afastar cada vez mais o argentino do clube , mas o presidente Josep Maria Bartomeu não se preocupa com isso e garante o craque no Barcelona até o fim da carreira.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN com um mês grátis!

Em entrevista ao BeIn Sports , Bartomeu se disse tranquilo em relação ao futuro de Messi no Barcelona, garantindo que o desejo do argentino é ficar. "Ele é um homem para um clube. Leo Messi, dentro de três, quatro, muitos mais anos, deixará de jogar, mas irá jogar no Barça", disse o presidente.

De fato, o Barcelona é o único clube na carreira de Messi, que apenas quando criança esteve em outro lugar, o Newell's Old Boys. Mas desde os 13 anos, o argentino chama o Camp Nou de casa. E Bartomeu fez questão de ressaltar isso: "Este tem sido seu clube, ele chegou quando criança, ele sente as cores. Ele é o melhor jogador da história, ele está no Barça e tem claro que este é seu clube para sempre".

Mas a solução encontrada para manter Messi em Barcelona não foi cortar o mal pela raíz. Um dos grandes problemas do camisa 10 no clube é o treinador Quique Setién que, apesar de estar sendo bastante criticado, tanto pela imprensa quanto pela torcida, por seus resultados abaixo do esperado, além de não agradar boa parte do elenco, vai ficar no comando para a próxima temporada. 

"Já dissemos várias vezes. Setién vai continuar sendo o treinador e também na próxima temporada será diferente. Depositamos nossa confiança no Setién", reforçou Bartomeu, um dos grandes defensores do treinador dentro do clube.

Outro assunto polêmico no momento é o caso Arthur. O brasileiro, já negociado com a Juventus, ganhou o status de rebelde para a diretoria culé depois de, insatisfeito por estar sendo deixado de lado , não ter retornado da folga e, de forma unilateral, ter decidido não jogar mais pelo clube

Bartomeu disse que o assunto vai ser tratado internamente e de forma discreta pelo clube, mas garantiu que estão insatisfeitos com a postura do atleta. "O fato de Arthur não ter voltado das férias não nos agradou em nada e achamos que não é bom para seus companheiros de equipe porque a equipe precisava dele. Não se justifica e é por isso que um arquivo foi aberto", explicou.

O presidente ainda reforçou que, diferente do que está sendo dito, o Barcelona não forçou a saída de Arthur para poder contratar Miralem Pjanic: "Não [empurramos, Arthur]. Mas estou dizendo de novo. A oferta para o jogador e para o Barça foi boa. São ofertas às quais o Barça não pode dizer não. E foi bom para nós assinar Pjanic, um jogador que Barça queria há anos. A chegada do Pjanic é uma notícia positiva".

Quanto a outras especulações de mercado, Bartomeu disse que o caso Lautaro vai ser tratado com a Inter de Milão após a Liga dos Campeões e que o PSG não está interessado em vender Neymar.