Mbappé admite que pediu para deixar o PSG na última janela

Kylian Mbappé con francia en 2021Imagen: Getty

Em entrevista a  RMC,  o atacante francês Kylian Mbappé admitiu que queria sair do PSG na janela de trasferências de julho, comentando ainda que "queria partir e disse com antecedência" ao clube de Paris.

Várias polêmicas estiveram ao redor deste assunto, com o presidente Nasser Al-Khelaifi, do PSG, comentando que "não havia desculpas para Mbappé sair do elenco após a chegada de Messi, já que o clube seria o mais competitivo do mundo".

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

"Eu disse ao PSG que queria partir a partir do momento em que não queria renovar. Queria que o clube tivesse dinheiro para uma substituição de qualidade", disse o atleta, que acrescentou à entrevista: "Não cabe a mim julgar. Deixei bem clara a minha posição em julho. Dizer que disse no final de agosto é uma mentira. Eu disse em julho".

Mbappé ainda reforça que avisou cedo para que o PSG, clube que lhe deu tanto, como o mesmo disse, pudesse fazer um bom acordo e ser recompensado em troca de sua transferência: "É um clube que me trouxe muito, sempre fui feliz, os quatro anos que passei aqui, e continuo sendo. Anunciei suficientemente cedo que queria sair para que o clube pudesse receber em troca. A intenção era de fazer um bom negócio. Eu disse, 'se não quiserem que eu parta, eu fico'".

O francês ainda comentou que, na verdade, não recusou tantas propostas de extensão de contrato quanto relatado: "As pessoas disseram que eu recusei seis ou sete ofertas de extensão, que não queria falar mais com Leonardo, isso não é completamente verdade". 

O Real Madrid foi o clube mais especulado pela mídia como o próximo clube do jogador , além de ter feito ofertas que chegaram aos 200 milhões de euros (cerca de R$ 1.253,50 bilhão, na cotação atual), recusados pelo PSG. O contrato de Mbappé com o Paris vai até 2022.