Sem Thiago Silva e Marquinhos, PSG acende alerta em estreia na Champions

Comentários()
Saída do veterano e ausência do melhor zagueiro do grupo evidenciam problemas de Thomas Tuchel no setor em derrota para o United

O PSG estreou na Champions League contra o Manchester United nesta terça (20) e foi derrotado em casa por 2x1. Sem Marquinhos, lesionado, a dificuldade defensiva dos comandados de Thomas Tuchel expõe a carência de peças para o setor, já apontada pelo próprio treinador.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Na primeira partida da equipe da capital francesa na competição continental após a saída de Thiago Silva para o Chelsea, o time demonstrou fragilidade defensiva, permitindo infiltrações dos Reds pelas laterais e forçando o costarriquenho Keylor Navas a trabalhar.

O primeiro gol do United veio após um pênalti bobo cometido por Diallo em Martial, em uma jogada em que o atacante aparecia isolado na área do PSG. Os atletas do PSG ainda reclamaram de uma possível falta cavada, mas Bruno Fernandes abriu o placar para os ingleses.

O PSG chegou a empatar, com gol contra de Martial no início do segundo tempo, mas terminou derrotado aos 44 do segundo tempo, em mais uma participação contestável da defesa, que permitiu que o United trabalhasse a bola com calma até encontrar Rashford, que passou com facilidade por Danilo Pereira e definiu o placar.

A atuação defensiva do PSG acende um alerta para a sequência da Liga dos Campeões, que é o grande objetivo do clube. Mesmo com a manutenção de estrelas como Neymar e Mbappé, o time precisará de uma retaguarda sólida para dar suporte ao seu talentoso setor ofensivo.

Os problemas ressaltam a tensão entre o treinador Thomas Tuchel e o diretor esportivo Leonardo, que passa pelo tratamento dado a jogadores no final de seus contratos, como Thiago Silva e Cavani, considerados importantes pelo alemão, mas que foram descartados pelo PSG.

Mais artigos abaixo

Em setembro, Tuchel cobrou abertamente a chegada de reforços, entre eles um zagueiro. Sem a nova peça para o sistema defensivo, e com a saída de Thiago Silva e lesão de Marquinhos, o PSG estreou na Champions com Diallo e Kimpembe na zaga, que apesar de promissores, não possuem a mesma experiência da dupla brasileira.

A próxima partida do PSG no sábado (24) será contra o Dijon, lanterna da Ligue 1, com apenas dois pontos conquistados em sete rodadas. Na Champions, o próximo encontro será contra o Basaksehir, no dia 28/10. Os turcos estrearam na competição com derrota por 2x0 para o RB Leipzig.

Fechar