Dourado nega insatisfação com Barbieri mas afirma: "nenhum momento a gente pensa em sair"

Comentários()
Gilvan de Souza / CR Flamengo / Divulgação
Atacante foi substituído pelo treinador que trocou o camisa 19 pelo jovem Lincoln no segundo tempo

Autor do gol do Flamengo no empate em 1 a 1 com o Santa Fe, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América, Henrique Dourado pareceu chateado ao ser substituido por Maurício Barbieri no início da partida. Na zona mista, o atacante explicou o fato de não ter cumprimentado o interino ao deixar o gramado.

"Se vocês forem puxar, no outro jogo contra o Vitória a gente também não cumprimentou, isso aí é mais questão de vocês da imprensa, que gostam de criar algumas situações, óbvio que o atleta ali no momento, ninguém vai sair dando risada porque saiu de uma partida importante, eu vejo que foi opção dele, por ter feito um gol na partida, probabilidade de fazer outro gol existia e de quem ele colocasse de fazer também".

Ao falar sobre o assunto, deixou claro que gostaria de ter ficado mais tempo em campo, ele afirmou que estava se sentindo bem e que ninguém pensa em deixar o jogo.

"Eu estava me sentindo super bem, nem sempre a gente acerta todas as bolas, queria eu que fossem todas as bolas acertadas, mas em nenhum momento a gente pensa em sair da partida, eu estava com confiança, buscando o jogo a todo momento, mas agora temos que seguir trabalhando".

Mais artigos abaixo

Para Dourado, o Santa Fe corrigiu as falhas do primeiro tempo e acabou dificultando a partida para o Flamengo, que poderia ter feito mais de um gol na primeira etapa.

"O primeiro tempo nosso era nítido que conseguimos trabalhar bastante a bola, estávamos tendo bastante espaço, quando passavamos na primeira linha deles, quando a bola chegava em mim a gente tinha um clarão, conseguimos aproveitar isso no primeiro tempo, na segunda parte, o treinador deles observando isso acabou dificultando um pouco, tentamos de todas as formas buscar o gol, se não me engano foram duas chances que tiraram em cima da linha, mas temos que conversar para que a gente possa buscar esses pontos fora de casa".

O Flamengo volta a campo nesta sábado(21), diante do América-MG, no Maracanã, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o duelo marcará também a despedida do goleiro Júlio César que vai pendurar as luvas e se aposentar do futebol. 

Fechar