Com gol de Scocco, River bate o Lanús e sai na frente na semifinal da Libertadores

Comentários()
EITAN ABRAMOVICH/AFP/Getty Images
Atacante que brilhou nas quartas de final volta a marcar e garante a vantagem do empate para o River no jogo de volta da semifinal

O River Plate deu um passo importante no primeiro jogo da semifinal da Copa Libertadores. Nesta terça-feira, os milionários receberam o Lanús no Monumental de Nuñez e venceram apertado, por 1 a 0. No entanto, o gol marcado pelo atacante Scocco deixou a equipe com a vantagem do empate para o duelo de volta que vai decidir quem avança para a final da competição sul-americana.

Com o seu estádio cheio, o River Plate começou o duelo empurrado por sua imensa torcida. O favoritismo por jogar em casa ficou claro, mas o River não foi massacrante como nas quartas de final. Ainda assim, criou as melhores chances do jogo. O zagueiro Pinola, na segunda etapa, quase abriu o placar, mas acabou carimbando a trave adversária. A partida parecia estar caminhando para um frustrante empate sem gols, mas aos 36 minutos a situação mudou. Martínez arriscou o chute, Andrada deu rebote, e o artilheiro Scocco pegou o rebote para colocar para dentro.

River Lanus Copa Libertadores 24102017 Foto: JUAN MABROMATA/AFP/Getty Images

Outro grande destaque na partida foi o VAR. Pela primeira vez na história da Libertadores, uma partida teve a tecnologia do árbitro de vídeo à disposição. E foi o brasileiro Sandra Meira Ricci quem esteve incumbido de ficar no comando. No entanto, a arbitragem de Wilton Pereira Sampaio (outro brasileiro) não precisou pedir a ajuda do VAR em nenhum lance. O mais duvidoso foi já no fim da partida, aos 46 minutos do segundo tempo, quando Scocco caiu na área pedindo pênalti. Mas Wilton mandou o jogo seguir corretamente.

A segunda partida entre Lanús e River Plate acontece na próxima terça-feira, às 23h15 (de Brasília), no Estádio Cidade de Lanús, também em Buenos Aires.

Fechar