BBB 2020 tem até ex-jogador de futebol: saiba mais sobre Hadson Nery

Hadson Nery BBB 20
Globo
'Hadybala' jogou no Corinthians e foi treinado por Jorge Jesus

A 20ª edição do Big Brother Brasil, reality show da TV Globo, está a todo vapor: o programa está bombando nas redes sociais e promovendo debates em rede nacional. Dentre os participantes, está um ex-jogador de futebol, Hadson Nery.

Hadson nasceu em Belém do Pará, em 1981. Hoje, com 38 anos,  já se aposentou do futebol, mas seu currículo é extenso. Dentro da casa, é conhecido como "Hadybala", já que o participante afirmou ter semelhanças físicas com o jogador da Juventus.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN com um mês grátis!

CARREIRA

Atuando como lateral-esquerdo, Hadson começou a carreira nas categorias de base do Corinthians, do São Paulo e do Flamengo, antes de se transferir para o Remo, seu primeiro clube profissional, e também time no qual se destacou na Copa São Paulo. 

Depois passou por diversos outro times, do Brasil e de fora. Jogou na Suíça, Japão, Ucrânia, Portugal e Uruguai. Quando estava no União Leiria chegou a ser treinado por Jorge Jesus, atual técnico do Flamengo.

Ao encerrar sua carreira como jogador, ele se dedicou a administrar o Bragantino Club do Pará.

Chegou a jogar com nomes conhecidos do futebol brasileiro como Alessandro, ex-lateral do Corinthians.

Em 2011, chegou a ser especulado como reforço do Vasco da Gama. Confira um vídeo da época com vídeos do atleta pelo Brasil de Pelotas:

FAMÍLIA DE BOLEIROS

Ele é irmão do também jogador Harison, campeão da Copa São Paulo em 2000, quando jogava pelo tricolor paulista.

Um dos momentos marcantes da carreira dele foi ter colocado Kaká - que anos depois viria ser o melhor jogador do mundo - no banco. 

Em 2014, se afastou dos gramados e pretende seguir a carreira de treinador. 

POLÊMICAS

Assim que foi anunciado como participante do BBB, notícias antigas sobre o ex-jogador voltaram a circular, dentre elas uma medida protetiva pedida por sua ex-mulher e um vídeo em que Hadson aparece humilhando um torcedor de um time rival.

Sobre o caso da ex-esposa, Elen Cristina Vara, foi noticiado que Hadson a teria agredido e, por isso, o pedido de medida protetiva. Mas segundo o advogado do brother, as informações são “inverídicas e descabidas”. 

“Existiu sim a pedido unilateral de Elen, a aplicação de medidas protetivas, não por agressão física, mas sim, devido mensagens via WhatsApp que Hadson enviava para Elen, que por precaução de não querer que Hadson fosse ao seu encontro em seu ambiente de trabalho, pois tal fato já havia ocorrido em uma outra oportunidade”, disse o advogado em comunicado publicado no perfil oficial de Hadson.

DENTRO DA CASA

A 20ª edição do reality começou nesta terça-feira (21). Esta edição conta com famosos e anônimos que vão dividir a casa por três meses, disputando o grande prêmio de R$ 1,5 milhão. Hadson é um dos 18 participantes.

Dentro da casa, o participante também vem polemizando: foi muito criticado nas redes sociais, junto com outros participantes, por fazer declarações machistas dentro da casa do Big Brother Brasil. Exatamente por esta razão, foi mandado ao paredão pela casa na segunda semana, com oito de 16 votos possíveis.

No paredão, entretanto, acabou ficando, já que o ginasta Petrix recebeu 80,27% dos votos para ser eliminado, enquanto Hadson recebeu 18,63% (Pyong e Babu, os outros dois emparedados, receberam um cerca de 1% juntos).

No início da terceira semana, dois participantes novos entraram na casa com informações de fora de programa. Assim, Hadson, extremamente criticado nas redes sociais por suas declarações machistas, acabou sendo exposto para outras participantes e ficando isolado de boa parte da casa.

Entretanto, tal isolamento acabou servindo como um bônus de popularidade para o ex-jogador: ao mesmo tempo que Hadson é criticado por parte de suas atitudes, o participante também está sendo exaltado pela sua espontaneidade e declarações cômicas. Na segunda semana de confinamento, pesquisa de popularidade da UOL, o "Hadybala" assumiu a segunda colocação, atrás apenas da médica Marcela, com 22,05% dos votos.

Ainda assim, no terceiro paredão, Hadson disputou a permanência na casa contra seu amigo, Felipe Prior, e acabou levando a pior. Com 79,71% dos votos, o ex-jogador foi eliminado da disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão.

ESTATÍSTICAS DE HADSON NO PROGRAMA

Em três semanas dentro da casa:

O ex-jogador participou de duas provas do líder, nas semanas 1 e 2, e não venceu nenhuma. Na semana 3, foi vetado da prova pelo ex-líder Guilherme.

Na prova do anjo, Hadson também não teve tanta sorte: não foi sorteado para participar de nenhuma das duas disputas.

Não atendeu o Big Fone nenhuma vez.

Ficou uma vez na seção VIP da casa, e duas na Xepa.

Recebeu oito votos da casa e participou de dois paredões. Em uma das vezes, indicado pelo líder. Não foi imunizado pelo anjo.

Nenhum de seus votos foi indicado ao paredão: na primeira semana, votou em Manu Gavassi, que recebeu dois votos, na segunda, em Mari Gonzalez, que recebeu quatro, e naterceira em Gizelly, que recebeu dois votos.

Fechar