Bruno Guimarães Brazil Lionel Messi Argentina(C)Getty Images

Brasil x Argentina: onde assistir ao vivo na TV e online, que horas é, escalação e mais das Eliminatórias Sul-Americanas

O Brasil recebe a Argentina na noite desta terça-feira (21), a partir das 21h30 (de Brasília), no Maracanã, na cidade do Rio de Janeiro, pela sexta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. A partida terá transmissão ao vivo da Globo (para todo o Brasil) na TV aberta, e do SporTV e SporTV 4K na TV fechada (veja a programação completa aqui).

Na TV Globo, o Super Clássico será narrado por Luis Roberto com os comentários de Caio Ribeiro e Júnior. Já no SporTV, Luiz Carlos Jr estará ao lado dos comentaristas Ledio Carmona e Ricardinho.

Sob pressão após duas derrotas consecutivas nas Eliminatórias (contra o Uruguai e a Colômbia), a seleção brasileira retorna ao campo em busca de reabilitação. Atualmente, ocupa a quinta posição na tabela, com sete pontos.

Para o último desafio do ano, a seleção brasileira não poderá contar com Neymar e Vinicius Junior, machucados. Assim, o técnico Fernando Diniz poderá optar pela entrada de Gabriel Jesus com Gabriel Martinelli jogando mais recuado.

"A gente vai fazer de tudo pra corrigir (falhas ocorridas na Colômbia) contra a Argentina. O time não tem garantia de que vai ganhar e que vai perder e eu falei isso quando (o Fluminense) ganhou o título da Libertadores. Olhar só o resultado não me interessa", disse o treinador.

"Vamos corrigir os aspectos defensivos para os resultados aparecerem de forma convincente. Acho que a equipe vai evoluindo aos poucos. A tendência é de evolução, de você jogar bem. No caso de hoje, vamos corrigir os aspectos defensivos e os resultados começam a aparecer. E, quando aparecer, já será de maneira consistente", completou.

Por outro lado, a Argentina, atual campeã do mundo, viu seu aproveitamento de 100% nas Eliminatórias ser interrompido na última rodada, quando foi derrotada pelo Uruguai por 2 a 0. Vale lembrar que, na última vez em que se enfrentaram no Maracanã, os argentinos venceram o Brasil na final da Copa América de 2021 por 1 a 0, com gol de Ángel Di María.

De acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), as seleções se enfrentaram em 108 ocasiões, com 43 vitórias para o Brasil, 39 para a Argentina, e 26 empates. Por outro lado, a Associação de Futebol Argentina (AFA) registra também 108 confrontos, nos quais os argentinos obtiveram 42 triunfos, enquanto a seleção brasileira alcançou 40 vitórias, além de 26 empates.

Mais artigos abaixo