Aguero: conheça a história da infância do jogador e de onde surgiu o apelido "Kun"

CompartilharFechar Comentários
Atacante tinha em frente a sua casa um campo de futebol, onde deu seus primeiros chutes

A história de como Sergio Aguero entrou para o mundo do futebol começa antes mesmo de ele ter nascido. Seu pai, Leonel Del Castillo (19), e sua mãe, Adriana Aguero (17), já tinham sua primeira filha, Jessica, quando deixaram seus familiares em Tucumán com destino à capital argentina, em busca de uma nova vida e de novas oportunidades. Porém, tudo o que conseguiram foi um pequeno terreno pertencente ao meio-irmão de Leonel, que ficavam a 50 metros do poluído rio Las Viboras, no distrito de Gonzalez Catan.

A casa construída pela família ficava perto de um "potrero", campos de futebol improvisados que dariam forma à inteira vida de Sergio e Leonel, que jogava futebol, conseguiu que o pagassem por suas participações em torneios de fim de semana. Essas partidas, combinadas com outros trabalhos eram apenas o suficiente para fornecer uma renda básica para a família, mas esses recursos logo se estenderam quando descobriram que Adriana já estava grávida do segundo filho no momento em que deixaram Tucumán. E por causa de uma série de eventos, Adriana e o bebê foram colocados em grande risco.

Em março de 1988, fortes tempestades atingiram a área de Buenos Aires, causando transbordamento do rio poluído, e a água entrou na casa da família Aguero Del Castillo, que teve sair de uma inundação inicial, tentando equilibrar os móveis para que não os perdessem. 
Duas semanas depois, as tempestades voltaram e, apesar de seus receios de que a casa vazia fosse roubada, a família não teve escolha a não ser evacuar quando os níveis de água chegaram a um metro. 

E por conta desses problemas, Adriana teve complicações em sua gestação, que fez sua bolsa estourar com apenas seis meses e meio, e o hospital local não tinha condições de realizar o tratamento ideal. Então, após uma viagem de três horas até Buenos Aires, e pegar dois ônibus e um trem, Adriana foi orientada a alongar a gravidez durante o meio tempo possível, descansando. Ela ficou em uma cama por quase dois meses, sem companhia, sozinha. Adriana, então, conversou muito com as enfermeiras e leu revistas sobre maternidade, tornando-se especialista em métodos de parto.

Adriana teve alta duas semanas antes da data original do parto. Em dias, ela entrou em trabalho de parto e teve que repetir a viagem de três horas. No hospital, foi informada que o bebê estava preso  e, após conversas com a equipe médica, autorizou que fosse feita uma episiotomia. E Sergio Aguero nasceu.

O médico, depois de ter realizado suas verificações de rotina, disse a Adriana "essa criança nasceu com um pão debaixo do braço", com um pão embaixo do braço, um velho ditado que significa que o bebê traria sorte para a família. 

Quão certo ele estava.

Kun Aguero
(Foto: Internet)

Sergio Aguero foi crescendo e foi em sua segunda casa, em Florencio Varela, onde experimentou pela primeira vez a vida no potrero, acompanhando seu pai para as partidas. Foi lá também que seu famoso apelido lhe foi dado. Aguero assistia na televisão um desenho japonês chamado ‘Wanpaku Omukashi Kumu Kumu’, um desenho japonês. Ele, então, tentando formar suas primeiras palavras, como 'koo' ou 'kum', e seu vizinho, Jorge Chetti, amigo da família, começou a chamá-lo de menino Kun.

"O que mais me lembro  sobre minha infância é que, na minha casa, havia um campo de futebol na frente e, como eu tinha cinco anos, todos os dias eu estava lá fora brincando com a bola", disse Aguero à Goal.

Então, Leonel, vendo o talento de seu filho com a bola, resolveu investir em sua carreira e passou a apoiar uma futura carreira para Aguero, que ainda era uma criança.

"Meu pai fez muitos sacrifícios", disse Aguero. "Eu tinha apenas seis ou sete anos e ele se dedicou a me levar para os clubes e diferentes lugares até eu ir para o Independiente aos oito anos de idade".

"Ele sempre me acompanhou, e obviamente sou extremamente grato a ele. Há muitas crianças que tem que ir por sua conta e no fim eles tem que parar porque esses lugares estão longe".

"Minha mãe era mais rigorosa. Meu pai foi quem me levou para jogar futebol, mas minha mãe dizia: 'Se você não estuda, você não joga'".  

Aguero começou a fazer sucesso por onde passou, mesmo sendo baixo e robusto, mas incrivelmente rápido,  Kun ganhou jogos sozinho, driblando inúmeros adversários e marcando vários gols.

"Eu apenas pensei em jogar futebol. Eu assisti TV e vi os times da primeira divisão e disse 'eu quero estar lá'. Nada mais. Não pensei na Europa, em qualquer clube grande. Eu nunca poderia imaginar isso, eu só queria jogar e fazer isso em uma equipe na primeira divisão da Argentina". 

 

Gracias Independiente por mandarme las camisetas !!!

Uma publicação compartilhada por Sergio Leonel Agüero (@10aguerosergiokun) em

No Independiente, ele foi autorizado a jogar mesmo sem ser sócio do clube, e se destacando nas partidas, chamou a atenção de um empresário: Samuel Liberman e seu advogado, José Maria Astarloa, que já tinha adquirido participação com Diego Forlán, foram atrás de Aguero, que ainda não tinha completado 10 anos. 

E o médico do parto de Aguero estava certo. Em troca de 100% dos direitos econômicos de Aguero por 10 nos, Liberman comprou uma casa melhor para a família, matriculou o menino em uma escola particular, forneceu roupas e alimentos e forneceu pagamentos mensais regulares. 

Então, coube a Aguero superar as dificuldades das categorias de base, para se firmar no Independiente e depois partiu para brilhar no futebol europeu. 


VEJA TAMBÉM:


Próximo artigo:
Em livro, jornalista revela motim da Argentina liderado por Messi e Mascherano contra Sampaoli na Copa
Próximo artigo:
Liverpool apresenta Alisson oficialmente: “é a realização de um sonho”
Próximo artigo:
Real Madrid aguarda ofertas para negociar reserva de Marcelo
Próximo artigo:
Tévez pede que Messi, a "alma da Argentina", não se aposente da seleção
Próximo artigo:
Uribe falha duas vezes, mas mostra credenciais e pode evoluir nos próximos jogos
Fechar

Utilizamos cookies para proporcionar-lhe uma melhor experiência online. Se continuar navegando em nosso site, consideramos que está de acordo com a nossa política de privacidade.

Exibir mais Aceitar