Seleção é o caminho em ano chave para Neymar, que sabe disso e acerta em busca do hexa e da Bola de Ouro

CompartilharFechar Comentários
Em ano de Copa do Mundo, o Mundial terá o maior peso na escolha do melhor jogador do planeta

Aos 25 anos, Neymar já é o camisa 10, a estrela e o principal craque e referência da Seleção Brasileira. O atacante é a grande esperança tupiniquim para deixar a Rússia com o hexa da Copa do Mundo em 2018. Se eternizar de vez em seu país com o maior e principal título do futebol no planeta é, obviamente, um dos sonhos e grandes objetivos de qualquer jogador, e, é claro, não é diferente com Neymar.

O craque sonha em liderar o Brasil na conquista do hexa, e para isso, tem se entregado totalmente à Seleção. Querer ser protagonista, o grande nome de uma equipe relevante no cenário do futebol europeu, a montanha absurda de dinheiro, a luta pelos prêmios individuais The Best e Bola de Ouro pesaram, é claro, e foram fundamentais, mas Neymar também se transferiu para o PSG porque o clube francês tem uma base de jogadores brasileiros que estão na Seleção. O camisa 10 está tendo ainda mais entrosamento com seus companheiros.

Além disso, Neymar não precisaria estar com a Seleção agora, já que o Brasil tem um time titular formado, conhecido e entrosado, está garantido na Copa e com o primeiro lugar das Eliminatórias. Ele poderia se poupar visando a desgastante temporada europeia, os objetivos com o PSG e até mesmo o Mundial. No entanto, o craque comprou o discurso de Tite e está se dedicando ao máximo nos jogos e nos treinamentos. O atacante sabe que a Copa em 2018 virá com tudo. Não à toa, ele pode alcançar Romário na artilharia história do escrete canarinho nesta data Fifa e tem quebrado recordes.

Neymar Brazil Ecuador Eliminatorias 2018 31082017(Foto: Buda Mendes/Getty)

E a estratégia de Neymar e o caminho que ele está seguindo se mostram certos não só visando o sonho do hexa, mas também o seu objetivo de ser o melhor do mundo. Afinal, em 2018, a Copa terá o maior peso na luta pela Bola de Ouro e pelo The Best. Se Neymar conquistar o Mundial com a Seleção, além do hexa, ele provavelmente vai ganhar os prêmios tão cobiçados.

O peso maior fica ainda mais nítido se imaginarmos um cenário. Mesmo que Neymar lidere o PSG em uma hipotética conquista da Champions League, ele não levará a Bola de Ouro ou o The Best caso Messi conquiste a Copa do Mundo com a Argentina, ou Cristiano Ronaldo consiga um milagre levando Portugal a um título na Rússia. No entanto, mesmo que o gajo ou o argentino conquistem a UCL, se Neymar brilhar no Mundial e conseguir o hexa sendo o cara do Brasil, o camisa 10 levará as honrarias.

Próximo artigo:
Bolzan admite erro em polêmica envolvendo árbitro; Renato Gaúcho elogia atuação do Grêmio
Próximo artigo:
Jogadores do Corinthians comemoram empate: “Mantivemos a distância para eles e agora faltam nove rodadas”
Próximo artigo:
Corinthians 0 x 0 Grêmio: Empate decepcionante entre líder e vice-líder em Itaquera
Próximo artigo:
Zé Ricardo comemora bom momento do Vasco e mira "brigar por coisa melhor"
Próximo artigo:
"Com o time montado a gente toma a p... do gol", diz Fábio Santos, furioso após derrota do Atlético-MG
Fechar