Notícias Placares ao vivo
Cruzeiro

Torcedor do Cruzeiro ameaça jogadores de morte em caso de rebaixamento; veja

17:44 BRST 30/11/2019
Wagner Pires de Sa presidente Cruzeiro Mineiro 17012018
Derrota para o CSA complicou a vida da Raposa no Brasileirão que segue no Z4; nome de Ceni foi lembrado em conversa com presidente do clube

O clima de tensão no Cruzeiro aumenta gradativamente rodada após rodada. Após a derrota por 1 a 0 para o CSA na última quinta-feira (28), alguns torcedores ameaçaram os jogadores de morte em conversa com o presidente da equipe, Wagner Pires de Sá. (Veja no vídeo acima).

Acompanhe o melhor do futebol ao vivo ou quando quiser: assine o DAZN e ganhe um mês grátis para experimentar

Em 17º da tabela do Brasileirão, o Cruzeiro vive um dos piores momentos do clube na história do torneio nacional. Com 36 pontos e 74,4% de chances de rebaixamento, o elenco tem três jogos pela frente até o término do campeonato. Além de precisar vencer as respectivas partidas contra Vasco, Grêmio e Palmeirasos cruzeirenses precisam torcer para uma combinações de resultados.

Principal alvo dos torcedores ao lado de Fred, Thiago Neves vem sofrendo duras críticas devido às atuações e possíveis interferências em assuntos internos da diretoria. Cogitado como um dos principais motivos para a demissão de Ceni, em setembro deste ano, o jogador perdeu pênalti diante do CSA e agravou a própria situação no clube.

Durante a conversa entre os torcedores e Wagner Pires de Sá, o presidente da Raposa chegou a mencionar o nome de Rogério: “Se o Ceni tivesse ganhado nós não estávamos desse jeito”.

O atual técnico do Fortaleza, vale lembrar, ficou menos de dois meses no comando do Cruzeiro após não resistir a pressão do vestiário.